Tamanho do texto

Dois alunos suspeitos de cometer o crime foram presos; o ataque aconteceu em uma escola no subúrbio de Denver, no estado do Colorado, nos EUA

Policiais e civis em frente a uma viatura parada em frente ao local do ataque
Ansa
A polícia chegou ao local apenas dois minutos após o início do ataque

Um estudante de 18 anos foi morto e outros oito ficaram feridos durante um tiroteio nesta terça-feira (7) em uma escola no subúrbio de Denver, na cidade norte-americana de Colorado.
Dois suspeitos foram detidos poucas horas depois do ataque. A polícia ainda chegou a realizar buscas por uma terceira pessoa dentro do colégio, mas não encontrou indícios. Segundo as autoridades locais, os presos são alunos da escola. Entre eles há um adulto e outro menor de idade.

Leia também: Secretário de Educação de SP descarta militarizar escola Raul Brasil, em Suzano

O tiroteio foi registrado por volta das 14h (horário local) na Stem School Highlands Ranch, uma escola pública com mais de 1850 alunos desde o jardim de infância até o ensino médio. De acordo com o xerife Tony Spurlock, os dois assassinos entraram no local e abriram fogo em duas salas de aulas. Até o momento, não há informações sobre as motivações do ataque .

A polícia ainda informou que todos os jovens feridos têm mais de 15 anos de idade. A identidade da vítima não foi revelada.

Leia também: Columbine e outras centenas de escolas no Colorado fecham após ameaças de jovem

Spurlock explicou que a escola entrou em contato com os serviços de emergência "quase imediatamente". As equipes chegaram ao local cerca de dois minutos depois do tiroteio , o que facilitou a operação. Todas as escolas da região foram fechadas por razões de segurança e os pais dos jovens foram orientados a buscar os filhos. Um porta-voz da Casa Branca afirmou que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, "foi informado e continua monitorando a situação".

Leia também: Peça-chave dos ataques, líder extremista morreu em um dos atentados no Sri Lanka

A escola alvo do atentado está situada a apenas 8 quilômetros de Columbine , onde, em 20 de abril de 1999, um ataque realizado por dois estudantes provocou a morte de 12 alunos e um professor.