Tamanho do texto

Cerca de mil pessoas se reuniram em uma praça em frente à prefeitura de Paris nesta quinta-feira (18); reconstrução da catedral deve levar cinco anos

Ministro francês observa destruição no interior da Catedral de Notre-Dame
Christophe Castaner/Divulgação
Ministro francês Christophe Castaner divulgou foto no interior da Catedral de Notre-Dame logo após incêndio

Cerca de mil franceses se reuniram em uma praça em frente à prefeitura de Paris nessa quinta-feira (18) para manifestar solidariedade à reconstrução da Catedral de Notre-Dame. A igreja foi atingida por um incêndio na última segunda-feira (15).

Leia também: Catedral provisória será erguida durante reconstrução da Notre-Dame

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, disse que o horrível acontecimento fez as pessoas se lembrarem da Catedral de Notre-Dame como um tesouro nacional. Ela acrescentou que está atenta quanto à intenção do povo, que está se unindo para a reconstrução da catedral .

Pessoal e equipamentos do Corpo de Bombeiros permanecem de prontidão nas proximidades da catedral, mesmo depois de três dias do incêndio, que destruiu o pináculo e a maior parte do teto da catedral. Trabalhos de reparos estão em andamento nas paredes frágeis, próximas do teto rompido da estrutura.

Na terça-feira (16), o presidente francês, Emmanuel Macron , prometeu reconstruir a catedral em até cinco anos . O processo vai incluir a realização de um  concurso arquitetônico internacional para a apresentação de ideias sobre a construção de um novo pináculo.

Uma participante da cerimônia disse que concorda com o plano de cinco anos para a reconstrução e que deseja que a catedral seja restaurada no seu desenho original, se possível. Outro participante afirmou que não acredita na reconstrução da Notre-Dame em cinco anos por causa da gravidade dos danos.