Tamanho do texto

Ela ficará em frente à igreja que pegou fogo e o objetivo é receber fiéis e turistas; reconstrução da Catedral de Notre-Dame deve durar cinco anos

Catedral de Notre-Dame após incêndio
Reprodução/The Washington Post
Catedral de Notre-Dame, em Paris, foi atingida por um grave incêndio na segunda-feira (15)

Uma igreja provisória feita de madeira será construída na praça em frente a Catedral de Notre-Dame, em Paris, enquanto ela estiver passando pela reconstrução. A “catedral efêmera”, como vem sendo chamada, tem o objetivo de receber e consolar os turistas e fiéis que não poderão visitar a Notre-Dame.

Leia também: Começa investigação sobre incêndio em Notre-Dame; suspeita é de negligência

A ideia partiu de Patrick Chauvet, reitor da Catedral de Notre-Dame . "Quero um lugar agradável, um lugar que seja um pouco simbólico, que atraia", disse ele em entrevista à emissora francesa CB News .

A prefeita de Paris , Anne Hidalgo, apoia a ideia e já concordou em ceder parte da praça à Igreja para que a “catedral efêmera” seja montada. Chauvet afirmou que a ideia é que a construção da igreja de madeira seja feita rapidamente e que fique lá até que a reconstrução da Notre-Dame esteja completa.

Leia também: Conheça a brasileira que doou R$ 88 milhões para a reconstrução de Notre-Dame

Na última terça-feira (16), o presidente Emmanuel Macron afirmou que a conclusão da reconstrução deve se dar em até cinco anos. Por sua vez, o primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, anunciou um  concurso arquitetônico para o pináculo da Notre-Dame , que era conhecido como flecha.