Tamanho do texto

"Nós estamos priorizando a teoria de um acidente", afirmou o procurador parisiense Remy Heitz; segundo ele, "nada aponta para um ato voluntário"

Catedral de Notre-Dame
Reprodução/Twitter
Internautas compartilharam vídeos e imagens do incêndio na Catedral de Notre-Dame em suas redes sociais

O procurador de Paris, Remy Heitz, afirmou nesta terça-feira (16) que acredita que o incêndio na catedral de Notre-Dame tenha sido acidental. O fogo, que demorou mais de 12 horas para ser extinto, começou na tarde desta segunda-feira (15) e destruiu parte considerável da igreja, que é um dos mais visitados e consagrados patrimônios culturais do mundo.

Leia também: Incêndio em Paris: relembre outros patrimônios culturais destruídos pelas chamas

"Nós estamos priorizando a teoria de um acidente", declarou o procurador da capital francesa, que também afirmou que a investigação será longa e complexa. Ainda de acordo com o procurador, "nada aponta para um ato voluntário" que tenha causado o incêndio na catedral de Notre-Dame .

Na manhã desta terça, despois que o incêndio foi extinto, bombeiros e especialistas passaram a  analisar a estrutura da edificação e o impacto das chamas. O fogo, que destruiu o telhado e derrubou a "flecha", a torre mais alta da catedral, chocou o país e também o mundo inteiro, que assistiu incrédulo a  história da França sendo entregue às cinzas.

"O perigo do fogo está descartado, mas se desconhece como resistirá a estrutura. Especialistas vão se reunir para investigar o caso", disse o secretário do Ministério do Interior da  França  , Laurent Nuñez. Nuñez disse ainda que o objetivo agora é saber se a estrutura oferece suficiente estabilidade ou se tende a desmoronar.

Ontem, diante das chamas que consomiam a catedral , um porta-voz da igreja afirmou que "não restaria nada" da sua estrutura interior feita de madeira. "Está tudo queimando, não restará nada da estrutura, que data do século XIX de um lado e do XIII do outro", lamentou André Finot. 

Leia também: Entenda a importância histórica da catedral de Notre-Dame, em Paris

Segundo Emmanuel Grégoire, vice-prefeito de Paris , uma missão especial foi iniciada para tentar salvar as obras de arte de Notre-Dame . Dentro da igreja, há um acervo de importância artística inestimável, incluindo um órgão do século XVII ainda em funcionamento. Há também pinturas e gravuras que relatam a História da catedral e da cidade de Paris.