Tamanho do texto

Pete Buttigieg é homossexual assumido e já oficializou sua participação nas primárias do Partido Democrata; aos 37 anos, ele será o homem mais jovem a presidir o país, caso ganhe as eleições e assuma o poder na Casa Branca

Pete Buttigieg
Reprodução/The Washington Post
Pete Buttigieg, o prefeito ex-soldado gay que tem a intenção de ser o mais jovem presidente dos Estados Unidos

Homossexual assumido, o prefeito da pequena cidade de South Bend, em Indiana, Pete Buttigieg, anunciou sua pré-candidatura à Presidência dos Estados Unidos em 2020. As 37 anos de idade, Buttigieg oficializou neste domingo (14) sua participação nas primárias do Partido Democrata. Ele será o primeiro candidato declaradamente gay a concorrer à Casa Branca em toda a história do país.

Leia também: Padres homossexuais representam 80% do Vaticano, garante jornalista francês

"Reconheço a audácia de fazer isso sendo um jovem prefeito do Meio-Oeste", disse Buttigieg ao fazer o anúncio a um grupo de apoiadores. "As forças de mudança em nosso país [ Estados Unidos ] hoje são tectônicas. Forças que ajudam a explicar o que tornou a Presidência atual possível. É por isso que, desta vez, não se trata apenas de ganhar uma eleição, e sim, de ganhar uma era", ressaltou. "É hora de nos afastarmos dos políticos do passado e nos aproximarmos de algo totalmente diferente", exaltou.

O prefeito se formou em História e Literatura na Universidade de Harvard, fala sete idiomas e serviu como reservista da Marinha no Afeganistão. Nascido em South Bend, Pete Buttigieg foi eleito prefeito aos 29 anos de idade e se casou em 2018 com Chasten Glezmen, um professor universitário.

Nos últimos meses, Buttigieg fez frequentes aparições em jornais e programas de entrevistas nos Estados Unidos, o que lhe rendeu vários novos seguidores nas redes sociais. Ele usa o slogan de que o país precisa de "uma nova geração de líderes".

Leia também: Deputado que disse que tiraria transexual a tapas do banheiro se assume gay

O nome de Buttigieg de fato vêm crescendo nas pesquisas de opinião. Em algumas delas, ele aparece somente atrás de Bernie Sanders, senador por Vermont, e do ex-vice-presidente Joe Biden, que, no entanto, ainda não anunciou sua candidatura oficial à presidência dos Estados Unidos .

    Leia tudo sobre: gay donald trump