Tamanho do texto

Gabriel Davidovich, rabino da Associação Mutual Israelita Argentina, teve casa invadida na madrugada desta segunda-feira: "Sabemos quem você é"

Representante máximo da AMIA, rabino Gabriel Davidovich foi agredido por assaltantes
Reprodução/Emmanuel Fernández
Representante máximo da AMIA, rabino Gabriel Davidovich foi agredido por assaltantes

Representante máximo da AMIA, a Associação Mutual Israelita Argentina, o rabino Gabriel Davidovich foi atacado por um grupo de desconhecidos na madrugada desta segunda-feira (25). Os invasores entraram na casa da vítima, roubaram dinheiro e pertences, além de agredi-lo.

Leia também: Grupo de Lima quer levar Maduro à Corte Penal Internacional

Segundo informações do jornal argentino Clarín, os assaltantes sabiam quem Davidovich era. No momento do ataque, que teria acontecido por volta das duas da manhã, o rabino estava na companhia da mulher, que também acabou tendo pertences subtraídos pelos criminosos.

“É com extrema consternação que a instituição exige o imediato e total esclarecimento do caso, além de manifestar profunda intranquilidade e tristeza ao saber das declarações dos agressores antes de atacar o rabino”, disse em comunicado a AMIA.

Leia também: Antissemitismo voltou a ganhar força na Europa nos últimos anos

O comunicado informa ainda que Gabriel Davidovich sofreu graves lesões causadas pelos fortes golpes que recebeu durante o assalto, além de informar que ele permanece internado em um centro médico da cidade de Buenos Aires. O ataque aconteceu no bairro de Havana de Once.

A AMIA, alvo de um ataque terrorista em 1994, disse que recebeu a notícia do crime cometido contra o rabino com "extrema consternação" e "profunda preocupação".

A instituição exigiu o "esclarecimento imediato e completo" de fato e manifesta a sua "inquietação profunda" pelas expressões que os criminosos derramado antes de atacar o grande rabino, que "são, sem dúvida, um motivo de alarme".

Associação Mutual Israelita Argentina afirmou que acompanha Davidovich e sua família neste "momento difícil" e expressou sua esperança por sua recuperação "imediata e favorável". Além disso, a entidade mutualista reiterou seu pedido às autoridades para obter um esclarecimento "rápido e total" do ataque violento.

Leia também: Turista argentino é morto a facadas em frente à família após assalto na Bahia

Gabriel Davidovich é o representante máximo do rabinato argentino desde 2013. Entre as suas tarefas, o rabino presta assistência e assessoramento sobre temas religiosos e certificações documentais para diversos trâmites da religião.