Tamanho do texto

Autoridades suspeitam que incêndio em edifício de oito andares tenha sido provocado de propósito por moradora que já teve problemas psiquiátricos

Incêndio em edifício durante a madrugada deixa mortos e feridos em Paris
Reprodução/Twitter/@AmirHammoui
Incêndio em edifício durante a madrugada deixa mortos e feridos em Paris

Pelo menos dez pessoas morreram e outras 37 ficaram feridas em incêndio de grandes proporções que aconteceu na madrugada desta terça-feira (5) num edifício de oito andares em Paris, na França. Ao que tudo indica, o incêndio teria sido intencional e uma moradora de 40 anos foi detida suspeita de ter dado início ao fogo.

Leia também: Incêndio em navios deixa pelo menos 14 pessoas mortas na Crimeia; assista

O incêndio começou por vota da 1h no horário local, porém só foi controlado quase seis horas depois, no início da manhã, quando cerca de 200 bombeiros trabalhavam no local. Muitos moradores do prédio foram pegos de surpresa enquanto dormiam, fator que, somado à velocidade com que as chamas se espalharam, pode explicar o elevado número de vítimas.

Autoridades suspeitam que incêndio em prédio de oito andares tenha sido causado por moradora
Reprodução/Twitter/@AmirHammoui
Autoridades suspeitam que incêndio em prédio de oito andares tenha sido causado por moradora

Segundo o corpo de bombeiros, cerca de 50 moradores já foram resgatados. Alguns deles se refugiaram no terraço do imóvel, de onde foram retirados pelo resgate. Dentre os feridos há três bombeiros e outros três moradores morreram ao se jogar da janela para fugir das chamas. 

As autoridades ainda acreditam na possibilidade de que haja mais vítimas presas nos andares superiores do prédio construído na década de 1970 e localizado na Rue Erlanger, área nobre da capital francesa, próxima ao bosque de Bolonha, ao clube de tênis Roland Garros e ao estádio do Paris Saint-Germain, Parc des Princes. As ruas ao redor do edifício foram bloqueadas e os prédios próximos foram esvaziados como medida de precaução.

Leia também: Explosão de oleoduto deixa 79 mortos e mais de 60 feridos no México

As suspeitas é de que o incêndio tenha sido iniciado de propósito por uma moradora do prédio que, segundo o procurador de Paris , Rémy Heitz, já teve problemas psiquiátricos. A mulher foi detida e uma investigação foi aberta por “destruição voluntária por incêndio com consequências fatais”, segundo o promotor.

De acordo com testemunhas, a mulher estava embriagada e discutia com um vizinho antes do incêndio. No momento da prisão, a moradora estava tentando colocar fogo em uma lixeira e em um carro. 

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, publicou uma mensagem de apoio às famílias das vítimas em sua conta no Twitter e afirmou que a cidade está de luto. O presidente da França, Emmanuel Macron, também lamentou a tragédia e agradeceu o trabalho dos bombeiros. O incêndio aconteceu menos de um mês após uma explosão de gás no centro da capital francesa matar quatro pessoas e deixar mais de 40 feridos .

*Com informações da Agência Brasil. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas