Tamanho do texto

Morte de baterista foi confirmada hoje; ele estava desaparecido, assim como a esposa do vocalista e outros 13, que seguem procurados; entenda o caso

Vocalista da banda atingida pelo tsunami publicou um vídeo nas redes sociais em que, emocionado, pediu orações
Reprodução/Instagram
Vocalista da banda atingida pelo tsunami publicou um vídeo nas redes sociais em que, emocionado, pediu orações

Foi confirmada, nesta segunda-feira (24), a morte de Andi Windu Darmawan, o baterista da banda Seventeen, que fazia um show na praia de Tanjung Lesung, no extremo oeste da ilha de Java, na Indonésia, no  momento em que um tsunami atingiu a região, no último sábado (22). 

Darmawan estava desaparecido desde o tsunami . Hoje, o grupo confirmou a sua morte nas redes sociais. Antes da dele, também foram confirmadas as mortes de outros quatro integrantes do grupo: o baixista M. Awal Purbani, o guitarrista Herman Sikumbang, o produtor Oki Wijaya e um componente da equipe chamado Ujang. 

Além dos integrantes da banda Seventeen , ao menos 29 pessoas que estavam assistindo ao show morreram. As informações foram dadas pela empresa que realizou uma festa de fim de ano com os funcionários em que a banda se apresentou. 

Outras 13 pessoas estão desparecidas. Entre elas, a esposa de Riefian Fajarsyah, que é o vocalista da banda. Dylan Sahara é lembrada, todos os dias, pelo seu marido nas redes sociais, que pede que os seus seguidores orem pela saúde de Sahara. 

Leia também: O mundo cada vez mais debilitado: os maiores desastres naturais de 2018

Fajarsyah também chegou a publicar um vídeo nas redes sociais, neste domingo, em que, emocionado, pedia orações por todos os desaparecidos. O show reunia cerca de 200 funcionários da companhia elétrica PLN e seus familiares para a festa de fim de ano.

O número de vítimas da tragédia que atingiu a Indonésia no  subiu para 373 mortos e 1.400 feridos, segundo a Agência Nacional de Gestão de Desastres. Ao menos 128 pessoas ainda estão desaparecidas. O balanço anterior registrava 281 mortos e mais de mil feridos.

Segundo as autoridades, o número de vítimas do tsunami que atingiu as ilhas de Java e Sumatra, na Indonésia , pode ser ainda maior, pois não se sabe ainda a extensão total do desastre. Além disso, há suspeitas de que existam pessoas presas entre os destroços. Até ontem, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil não tinha informações de brasileiros entre as vítimas. Porém, deixou um canal de comunicação para eventuais informações.