Tamanho do texto

Presidente dos Estados Unidos ignorou relatório elaborado por mais de 300 cientistas que afirmaram que o país pode perder milhões de dólares caso não faça uma política que evite o aquecimento global e as mudanças climáticas

Donald Trump afirmou que pessoas inteligentes não acreditam nas mudanças climáticas
Flavio LoScalzo/Ansa
Donald Trump afirmou que pessoas inteligentes não acreditam nas mudanças climáticas


Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump acrescentou mais uma polêmica a sua coleção desde que assumiu o cargo, em 2016. Nesta terça-feira (27) o líder norte-americano brincou com as crenças de que o mundo vive um aquecimento global e pode sofrer mudanças climáticas drásticas no próximo ano. Ele não concorda com o relatório elaborado por 13 agências federais do país. Segundo ele, a teoria não é aceita por todos, sobretudo pelos mais inteligentes.

Leia também: Trump barra a concessão de refúgio a imigrantes que entrarem ilegalmente nos EUA

“Pessoas com o nível de inteligência alta como o meu não são necessariamente crentes nessa teoria.”, disse Donald Trump em entrevista ao jornal The Washington Post ao ser perguntado sobre as mudanças climáticas .

A declaração do presidente dos EUA acontece justamente a uma semana da Conferência de Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP24, que neste ano vai acontecer de 03 a 14 de dezembro na cidade de Katowice, na Polônia. O  evento da ONU visa discutir políticas e medidas entre as nações para melhorar as condições do clima no planeta, trazendo propostas para a diminuição da emissão de gases que geram o efeito estufa.

 No relatório que publica em seu site antes da conferência, a ONU afirma que vai solicitar mais empenho dos países do G20, que se comprometeram no  Acordo de Paris a triplicar os seus esforços na diminuição de emissão de gases até 2030.

 "Nunca estivemos mais limpos do que somos agora, e isso é muito importante para mim, mas se estamos limpos e todos os outros lugares estão sujos, não é tão bom", afirmou Donald Trump , sugerindo que os EUA atuam no combate aos gases que geram efeito estufa.

 Segundo o relatório escrito por mais de 300 cientistas norte-americanos, se o país não fizer uma série de mudanças políticas na área ambiental “vai perder muitas centenas de milhões de dólares”.

 Os cientistas indicam que o aquecimento global afeta a energia e agricultura norte-americana e, desta forma, prejudica a economia do país.

Em declarações anteriores, Donald Trump chegou a afirmar que as mudanças climáticas não passam de “trotes dos chineses”, que pretendem criar uma teoria para prejudicar o "desenvolvimento rápido e eficiente dos Estados Unidos da América nos próximos anos"

    Leia tudo sobre: Donald Trump
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.