Tamanho do texto

Ex-presidente uruguaio e também criticou o candidato Jair Bolsonaro: "espero que não ganhe"; ex-presidente petista teve registro impugnado

Pepe Mujica admitiu que
Agência PT/Reprodução
Pepe Mujica admitiu que "pode ter havido erros" nos governos do PT, mas acrescentou que Lula é um "negociador nato"

O ex-presidente do Uruguai José "Pepe" Mujica afirmou que o petista Luiz Inácio Lula da Silva é a "única saída" para tirar o Brasil da "situação lamentável" em que se encontra. Em entrevista ao portal russo "Sputnik", Pepe Mujica admitiu que "pode ter havido erros" nos governos do PT, mas acrescentou que Lula é um "negociador nato" e o personagem ideal para "acalmar os embates que existem" no país.

Leia também: Ao lado de Gleisi, Mujica visita Lula na prisão em Curitiba 

"Pode ter havido erros e desvios, mas tenho confiança em Lula. Parece que as ditaduras estão fora de moda, que agora são os golpes suaves com certa margem de aparente legalidade os preferidos para calar as pessoas", disse Pepe Mujica , em alusão ao impeachment de Dilma Rousseff.

Leia também: Mujica cita 'cansaço' e renuncia ao cargo de senador no Uruguai

O ex-presidente Lula , preso desde 7 de abril por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, foi declarado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, que proíbe a candidatura de condenados por tribunais colegiados, e nomeou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad para concorrer em seu lugar.

O ex-presidente uruguaio também declarou sua torcida contra o candidato da extrema direita, Jair Bolsonaro, e afirmou que é "inquietante" a influência que ele possui no Brasil. "Espero que Bolsonaro não ganhe, e acho que o fato de ele crescer nas pesquisas não exclui que tem uma margem de rejeição muito grande", completou.

Leia também: Lewandowski pede vista e paralisa julgamento sobre recurso de Lula contra prisão

Pepe Mujica é símbolo da esquerda uruguaia e é considerado um ídolo para muitos que têm essa posição política. Até seus maiores críticos reconhecem que, em cinco anos no poder, ele ajudou a colocar o Uruguai, um pequeno país de 3,5 milhões de habitantes encaixado entre a Argentina e o Brasil, no mapa.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.