O tufão Jebi é considerado o mais poderoso a tocar o solo do Japão nos últimos 25 anos; veja detalhes sobre sua passagem
Reprodução/NHK
O tufão Jebi é considerado o mais poderoso a tocar o solo do Japão nos últimos 25 anos; veja detalhes sobre sua passagem

Considerado o mais poderoso a tocar a terra no Japão nos últimos 25 anos, o tufão Jebi chegou ao país nesta terça-feira (4). Acompanhado de chuvas torrenciais e uma forte ventania, o fenômeno já deixou pelo menos seis pessoas mortas e cerca de outras 120 feridas. As informações são da emissora pública japonesa NHK .

Leia também: Tufão Koppu deixa 7 mortos e 4 desaparecidos no sul da China

De acordo com as imagens reveladas pela emissora, o tufão Jebi provocou um aumento no nível do mar. Com isso, as águas invadiram e inundaram o Aeroporto Internacional de Kansai, em Osaka, resultando no cancelamento de voos. Unindo a ventania e a inundação, mais de 600 voos foram cancelados no Japão.

Em algumas áreas, o nível das marés já é o mais alto desde um tufão em 1961. Além disso, os ventos, que variam entre 160 km/h e 190 km/h, lançaram um navio petroleiro contra uma ponte que liga o aeroporto à cidade de Izumisano. A emissora japonesa também divulgou imagens do acidente. 

Leia também: Tufão causa destruição na China e deixa em alerta cidades mais populosas do país

Você viu?

Ao todo, o país já emitiu alertas de retirada para mais de 1 milhão de pessoas. As mais afetadas são aquelas que vivem no oeste e no centro do Japão , que podem passar por deslizamentos ou inundações. 

O serviço de transporte rodoviário e ferroviário de Kobe e de Osaka já foram interrompidos pelo tufão no Japão . Além disso, meio milhão de pessoas ficaram sem energia elétrica no leste do país. Em Kyoto, cerca de 100 mm de chuva cobriram parte da cidade em apenas uma hora. A previsão é que o tufão toque hoje a ilha de Shikoku ou a península de Kii.

Leia também: Vietnã evacua residências à espera de tufão que deixou 230 mortos nas Filipinas

Embora o tufão esteja tocando o solo japonês, o seu nome é coreano. Jebi significa "engolir" em coreano e o tufão Jebi é a mais recente adversidade climática a atingir o Japão após chuvas intensas, deslizamentos de terra, enchentes e temperaturas recordes que deixaram centenas de mortos nos últimos meses. Ele é o 21º da temporada no Pacífico.

* Com informações da Agência Ansa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários