Tamanho do texto

Menino foi encontrado sem vida dia 14 de junho, quando foi esquecido dentro do carro e deixado do lado de fora de casa sob 32ºC de temperatura

O filho da americana apresentava sinais consistentes com hipotermia quando foi encontrado
Reprodução/People
O filho da americana apresentava sinais consistentes com hipotermia quando foi encontrado


A americana Elizabeth Marie Barhonovich, de 28 anos, foi presa na última terça-feira (19) acusada de homicídio de segundo grau do próprio filho. Segundo informações do portal Health , o menino de apenas 10 meses morreu após ser deixado pela mãe dentro de um carro com temperaturas elevadas.

Leia também: Menino de três anos morre durante o sono e médicos não conseguem achar a causa

Moradora de Vancleave, no estado americano do Mississippi, ela foi detida pelo assassinato do filho Kash Barhonovich no dia 14 de junho, quando as temperaturas na cidade atingiram 32ºC. O menino foi encontrado sem vida dentro do carro da mulher, do lado de fora da casa, depois de ter permanecido ali por período indeterminado.

Uma autópsia foi realizada e, de acordo com as autoridades locais, constatado que a morte da criança “é consistente com hipertermia”, ou seja, quando a temperatura do corpo chega a níveis perigosos, capazes de matar a pessoa.

Outros casos de crianças esquecidas em carros

Infelizmente, esta não foi a primeira vez que um bebê morreu após ser esquecido em um carro. Em maio, uma menina de um ano de idade morreu após ser esquecida pelo pai dentro de um veículo por 12 horas. De acordo com o portal  Mirror , a criança ficou presa no carro em um dia quente , sendo encontrada pela mãe na noite do mesmo dia.

O caso aconteceu na cidade de East Nashville, no estado de Nashville, Estados Unidos, que passava por uma onda de calor. Tudo começou quando o pai da bebê a colocou dentro do carro para levá-la, junto de seu irmão, para a creche.

Contudo, o homem se esqueceu de deixar a menina na escola, voltou para casa, estacionou o veículo e, como não se lembrava que a criança ainda estava no banco de trás, trancou o carro. A garota, cuja identidade não foi revelada pela polícia, só foi encontrada muitas horas depois, pela sua mãe, na noite do mesmo dia.

A criança, então, foi imediatamente levada ao Hospital Infantil Monroe Carell Jr. em Vanderbilt, onde foi declarada sua morte . As autoridades foram informadas e a polícia local abriu uma investigação sobre o caso.

O grande agravante em relação ao caso é o calor registrado na cidade: dentro de um veículo com as portas e janelas fechadas, as temperaturas podem ter atingido a marca de 48ºC.

Leia também: Mãe é presa após abusar sexualmente da filha e obrigá-la a se prostituir nos EUA

Para evitar acidentes do gênero, o Centro de Controle de Doenças do país recomenda sempre manter um bicho de pelúcia no assento da criança para quando eles não estiverem no carro, e caso contrário, deixar o brinquedo no banco da frente. Outra sugestão é colocar bolsas ou um sapato no banco traseiro, assim os pais teriam que ir até ele, e consequentemente ver o  filho , antes de sair do carro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.