Tamanho do texto

Entre as 16 pessoas atingidas pelos disparos, há um menino de 13 anos; crime aconteceu em um evento anual na capital de Nova Jersey, Trenton; entenda

Tiroteio aconteceu em um festival de música e arte em Nova Jersey, onde estavam cerca de 1 mil pessoas neste domingo
Reprodução/Facebook
Tiroteio aconteceu em um festival de música e arte em Nova Jersey, onde estavam cerca de 1 mil pessoas neste domingo

Um tiroteio que aconteceu, nas primeiras horas deste domingo (17), em um festival de música e de arte deixou pelo menos uma pessoa morta e outras 20 feridas, em Nova Jersey , nos Estados Unidos.

Leia também: Tiroteio em escola deixa ao menos dez mortos no Texas; atirador foi detido

De acordo com a polícia, os tiros foram disparados pouco antes das 3h de hoje, no horario local – às 4h, no horário de Brasília. Não se sabe ainda como a confusão teve início, porém já foi apurado que mais de uma pessoa abriu fogo no festival .

Um dos atiradores, um homem de 33 anos, morreu no local. Um segundo suspeito foi detido pela polícia de Nova Jersey e sua identidade ainda não foi revelada. Ainda não foi divulgado se o tiro que matou o primeiro suspeito veio de uma arma policial ou do outro atirador.

De acordo com as informações divulgadas pela  TV Fox News , o procurador Angelo J. Onofri disse que o número de feridos chega a duas dezenas, 16 das quais atingidas pelos disparos. Os demais veículos de imprensa, no entanto, ainda falam em 20 feridos. 

Leia também: Aluno é baleado em escola da Flórida no 19º aniversário do Massacre de Columbine

Há um menino de 13 anos entre as vítimas. Ele e outras três pessoas estão em situação "extremamente crítica", diz Onofri. "É uma cena massiva de crime", afirmou Onofri.

Cerca de mil pessoas estavam no festival 

O evento é organizado anualmente em Trenton, capital de Nova Jersey. Chamado de Art All Night, ele começa no sábado e se estende pelo domingo, contando com música, arte e comidas regionais.

Segundo os organizadores do evento, cerca de mil pessoas estavam no local no momento do tiroteio . As testemunhas que falaram com a imprensa norte-americana defenderam que a confusão partiu de uma briga.

"Eu vi dois socos e depois ouvi vários tiros", disse um visitante chamado Franco Roberts. De acordo com ele, tinham mais pessoas fora do evento que dentro.

"Todo mundo correu em direção à porta", disse ele. “E as pessoas que lutavam e atiravam se misturaram com a multidão que estava correndo", disse.

Leia também: Tiroteio dentro da Universidade Federal de Goiás deixa pelo menos um morto

Houve ainda quem estivesse dentro do festival e confundisse os tiros com fogos de artifício. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.