Tamanho do texto

Motorista teria tentado fugir do local, mas foi detido pelas pessoas que estavam no local até a chegada da polícia; maioria das vítimas era do México

Segundo a Fox News, a maioria das vítimas em Moscou eram torcedores do México
Reprodução/ Twitter
Segundo a Fox News, a maioria das vítimas em Moscou eram torcedores do México

Pelo menos sete foram feridos em Moscou, capital da Rússia, depois que um táxi avançou contra a multidão durante a Copa do Mundo. O motorista teria tentado fugir do local, mas uma testemunha afirmou que ele foi detido pelas pessoas que estavam no local até a chegada da polícia.

Leia também: Em dia de abertura da Copa, principal rival de Putin é libertado da cadeia

"Ele foi retirado do veículo, tentou fugir, mas os pedestres o prenderam. Ele estava gritando: 'Não fui eu'", disse a testemunha. Informações preliminares indicaram que o taxista, que tinha uma carteira de motorista no Quirguistão, perdeu o controle do veículo em Moscou

A agência de notícias russa Interfax citou uma fonte alegando que o motorista estava bêbado no momento do incidente, apesar de uma testemunha dizer que ele não parecia estar embriagado.

Leia também: Elefantes 'jogam' partida de futebol em campanha contra apostas na Copa do Mundo

O acidente ocorreu na rua Ilinka, a cerca de 200 metros da famosa praça de compras Red Square da capital russa.

Segundo a Fox News, a maioria das vítimas eram torcedores do México – o país joga contra a Alemanha no domingo (17).

Leia também: "Não vou trabalhar amanhã porque matei meu amigo", escreve britânico para chefe

Não há fatalidades, mas pelo menos uma mulher teve ferimentos graves. De acordo com a Interfax, acredita-se que ela não esteja em estado crítico. Moscou é uma das 11 cidades russas onde os jogos da Copa do Mundo estão acontecendo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.