Tamanho do texto

Collin Miller, 21 anos, escalou uma grade para nadar com três dos répteis em uma cervejaria na África do Sul; ele segue em estado estável em um hospital

Collin Miller foi retirado da lagoa por socorristas do hotel na África do Sul enquanto crocodilos lutavam pelo seu braço
Reprodução/Mirror
Collin Miller foi retirado da lagoa por socorristas do hotel na África do Sul enquanto crocodilos lutavam pelo seu braço

Durante um casamento , um convidado bêbado se jogou em um lago cheio de crocodilos, se tornando vítima de um acidente que terminou de maneira trágica. Collin Miller, 21 anos, teve o braço arrancado por três répteis, que eram utilizados como ‘atração’ para os turistas que visitam uma cervejarial localizada no Zimbábue, África do Sul.

Leia também: Caminhão de circo tomba na estrada e deixa um elefante morto na Espanha

De acordo com informações do Mirror , o jovem foi levado as pressas para o hospital após o ataque, que ocorreu na última quinta-feira (29). Funcionários da Victoria Falls River Brewing Company e outros convidados, afirmaram que Miller ficou encharcado de sangue, e que precisou ser retirado da lagoa por dois socorristas, enquanto os crocodilos lutavam pelo seu braço. 

Acidente com os crocodilos

A equipe da cervejaria informou que o rapaz havia chegado no local com amigos para celebrar um casamento no local. Logo após consumir uma quantidade exagerada de bebida alcoólica, o homem entrou na cozinha do bar, e pulou de uma janela. Depois, escalou uma cerca, tirou a camisa e entrou na lagoa onde os animais estavam.

Leia também: Ao menos 22 pessoas são comidas vivas em "surto" de ataques de tigres na Índia

Os espectadores aterrorizados afirmaram que um crocodilo avançou no homem, e arrancou um dos seus braços, enquanto os outros dois tentavam abocanhar sua cabeça. Em seguida, todos animais passaram a lutar pelo braço de Collin, o que permitiu que dois socorristas o retirassem rapidamente da área e com vida.  

A mídia local informou que Collin Peter Stewart Miller, de Lusaka, Zâmbia, perdeu o braço esquerdo, sofreu fraturas nas costelas e ferimentos na cabeça.  Ele foi levado ao Centro Médico de Chinotimba, e depois transferido para outro hospital, onde encontra-se atualmente em quadro estável de saúde.  

Por meio de uma nota oficial, o diretor do hotel, Mike Danes, disse que “o homem colocou sua vida em risco, e que foi resgatado pela equipe médica do bar e por socorristas da Crocodile Cage Diving Company, empresa que cuida dos répteis”.

Leia também: Maior cobra do mundo engole cervo de 30kg e garante alimento para o ano inteiro

O gerente de relações públicas da Autoridade de Gestão de Animais Selvagens de Parques do Zimbábue (Zimparks) também se pronunciou sobre o acidente e pediu para que “turistas e moradores evitem esse tipo de atitude – ainda mais em relação a animais selvagens, como os três crocodilos que viviam na cervejaria".