Incêndio ocorreu no shopping Winter Cherry, no complexo comercial Zimnyaya Vishnya, na Sibéria, na noite deste domingo
Reprodução/Twitter SVN Magazine
Incêndio ocorreu no shopping Winter Cherry, no complexo comercial Zimnyaya Vishnya, na Sibéria, na noite deste domingo

Pelo menos 64 pessoas morreram durante um incêndio que atingiu um shopping center na cidade de Kemerovo , na Sibéria, neste domingo (25), segundo divulgou o ministério para Situações de Emergência do país, nesta segunda-feira (26). Entre os mortos, acredita-se que há 41 crianças, de acordo jornalistas da imprensa russa. 

Leia também: Donald Trump condena atentado na França que deixou quatro pessoas mortas

A agência estatal  Tass afirma que o incêndio no shopping Zimnyaya Vishnya, também conhecido como Winter Cherry, teve início no último andar do prédio e consumiu uma área de aproximadamente 1,6 mil metros quadrados. De acordo com o ministro Vladimir Puchkov, as equipes de emergência ainda precisam recuperar mais seis corpos, que seguem desaparecidos no shopping da  Sibéria. 

Cerca de 12 pessoas foram hospitalizadas e outras 36 receberam assistência médica. Segundo Puchkov, todos os quatro pisos do shopping já foram verificados. O vice-governador da região de Kemerovo, Vladimir Chernov, disse que 13 corpos foram encontrados em uma das salas de cinema no Winter Cherry. 

Leia também: Kuczynski é proibido de deixar o Peru por 18 meses após renunciar da presidência

Você viu?

A ministra da Saúde, Veronika Skvortsova, disse que o paciente mais grave é um menino de 11 anos, que precisou pular de uma janela para fugir das chamas. Os pais dele, no entanto, morreram na tragédia.

Quatro foram detidos

De acordo com a CNN , as causas para o fogo não foram reveladas, e uma investigação criminal foi aberta. Após o incidente, a porta-voz do Ministério de Situações de Emergência da Rússia (CIR), Svetlana Petrenko, divulgou que pelo menos quatro pessoas foram presas.

Leia também: "Marcha pelas nossas vidas": Atos contra armas acontecem em mais de 800 cidades

Segundo as autoridades locais, entre os detidos estão o arrendatário do local onde se originou o fogo e o diretor-geral da sociedade administradora do shopping.

A cidade de Kemerovo, onde fica o shopping atingido pelo incêndio neste domingo, fica a cerca de 800 quilômetros da fronteira da Sibéria com o Cazaquistão.

*Com informações da rede de TV americana CNN e da Agência ANSA.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários