undefined
Reprodução/Wikipedia
Charles Manson era líder de um grupo que matou a atriz Sharon Tate e mais seis pessoas em 1969

O famoso assassino em massa norte-americano Charles Manson, de 83 anos, foi internado em estado grave nesta quinta-feira (16) no hospital de Bakersfield, na Califórnia, Estados Unidos. As informações são do site “TMZ”.

Leia também: Estudante bêbado perde RG e tem viagem de R$ 20 mil "comprada" em seu nome

Charles Manson era líder de um grupo que matou a atriz Sharon Tate e mais seis pessoas em 1969. Segundo as informações do mesmo site, o serial killer estaria internado há três dias, “no fim da vida”, uma vez que não está reagindo aos medicamentos. Já o jornal britânico “The Guardian” afirma que as condições de saúde do assassino não estão claras.

Leia também: Trem percorre 13 quilômetros sem nenhum condutor na Índia e é parado por motoqueiro

De acordo com o jornal, um porta-voz do Departamento de Correção e Reabilitação da Califórnia negou comentar o quadro clínico do criminoso ao ser questionado pelo “Los Angeles Times”. Ele citou leis de privacidade que o impedem “de comentar informações de saúde protegidas para qualquer preso sob nossa custódia”.

Manson cumpre pena perpétua por orquestrar um dos crimes mais notórios da história dos Estados Unidos. Ele recebeu uma condenação de mais de 45 anos, sendo encarcerado na prisão estadual Corcoran, na Califórnia.

Leia também: Confusão no mundo animal? Mulher flagra cervo tentando 'namorar' uma estátua

O norte-americano, que tem uma suástica tatuada na testa, era uma espécie de "líder espiritual" de um grupo que contava com mais quatro seguidores. Todos foram condenados em 1971 pelo assassinado de Tate, que era esposa do cineasta Roman Polanski e estava grávida de oito meses; eles ainda mataram mais quatro amigos dela. O episódio ficou conhecido no país como a "Chacina de Bel Air".

Pouco tempo depois, o grupo matou o empresário Leno Labianca e sua esposa. Em 2012, a defesa de Charles Manson fez um pedido à Justiça para que ele obtivesse a liberdade, mas o pedido foi negado.

 Leia também: Que papelão! Polícia flagra placa de carro 'improvisada' feita de caixa de pizza

*As informações são da Agência Ansa

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários