undefined
Reprodução/Twitter
Scott Ostrem, de 47 anos, foi preso acusado de matar três pessoas em um supermercado

Na noite de quarta-feira (1), três pessoas morreram em um tiroteio dentro de um supermercado da rede Walmart na cidade de Thornton, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos. Um suspeito de ser o atirador, Scott Ostrem, de 47 anos,  foi preso no carro identificado como o que ele usou na fuga, nesta quinta-feira (2). A polícia ainda investiga os motivos do crime.

Leia também: Trump pede que terrorista responsável por ataque em NY seja condenado à morte

undefined
Divulgação/Twitter
Imagens do circuito interno do supermercado mostram Ostrem entrando calmamente antes de atirar

De acordo com a polícia local, por volta das 18h locais (22h no horário de Brasília), Ostrem entrou tranquilamente no supermercado quando deu início ao tiroteio. Victor Vasquez, de 26 anos, e Carlos Martinez, de 66, morreram no local e  Pamela Marques, de 52, foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, segundo informações do canal FOX.

Segundo testemunhas, foram ouvidos cerca de 30 disparos. Funcionários e clientes do supermercado gritaram e correram para fora da loja quando o assassino começou a atirar.

A polícia recebeu uma denúncia sobre o envolvimento de Ostrem e enquanto aguardavam na porta de casa do suspeito, ele surgiu no carro identificado no local do tiroteio. Ostrem acelerou, mas a polícia o perseguiu e conseguiu o prender. Toda a ação foi registrada ao vivo pela televisão local.

No entanto, os investigadores ainda não divulgaram o motivo do crime.

Thornton tem cerca de 120 mil habitantes e está localizada a 16 km a nordeste de Denver. A área do crime, que fica na Grant Street, é cheia de lojas e restaurantes, continua interditada pela polícia.

Leia também: Lei mais dura contra terrorismo começa a vigorar na França

 Atentado em Nova York

Na última terça-feira (31), em um atentado terrorista, um homem de 29 anos usou uma caminhote para atropelar diversas pessoas em uma pista de ciclismo, em Nova York. Oito pessoas morreram e doze ficaram feridas.

Depois de atingir os ciclistas, o motorista dirigiu pela rua até bater um ônibus escolar. Testemunhas disseram que ao sair do veículo, o terrorista havia dito “Allahu Akhbar” (Deus é Grande, em árabe), e estava munido de uma arma de brinquedo usada para praticar paintball e outra de ar comprimido. Além disso, a polícia também informou que foi encontrado um bilhete dentro do caminhão com referências ao Estado Islâmico.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários