undefined
Reprodução/CNN - 02.10.2017
Atirador em Las Vegas foi identificado: Stephen Paddock, de 64 anos

Stephen Paddock – o atirador responsável  pela morte de mais de 50 pessoas na madrugada desta segunda-feira (2), no horário de Brasília, em Las Vegas – não tinha qualquer associação religiosa ou política. Além disso, "absolutamente nunca deu a entender que pudesse fazer algo assim".

As informações são de Eric Paddock, irmão de Stephen Paddock , que se diz "estupefato" com o protagonismo de um membro de sua família no pior massacre a tiros que já aconteceu em toda a história dos Estados Unidos. 

"Ele era apenas um cara. Algo aconteceu, ele pirou ou algo assim", afirmou Eric, em entrevista exclusiva para o Daily Mail . "Nós não sabemos de absolutamente nada. Nós apenas... estamos estupefatos", declarou, com a voz trêmula, ao telefone.

Eric disse que ele e Stephen, que tinha 64 anos, não se falavam frequentemente por viverem em cidades diferentes. Espantado com o caso, o irmão do atirador enviou as condolências de sua família às vítimas e afirmou que agora sente medo.

undefined
Reprodução/Twitter
Essa foi a primeira imagem divulgada pela mídia norte-americana de Stephen Paddock, o homem que efetuou os disparos

"Minha mãe tem 90 anos , vive na minha rua e está completamente chocada", afirmou. "Nossa família está unida, em casa, torcendo para que ninguém nos ataque", detalhou.

O autor dos disparos cometeu suicídio quando foi flagrado pelos policiais no quarto do hotel de onde havia disparado os tiros. Ao seu lado, diversas armas de fogo foram encontradas.

Entenda o ataque

O massacre aconteceu durante o Route 91 Harvest Festival, evento de música country que era realizado próximo do hotel e cassino Mandalay Bay, na Las Vegas Boulevard, uma das vias mais movimentadas da cidade e repleta de turistas. O show reunia cerca de 22 mil pessoas.

Leia também: Polícia encontra mulher que seria colega de quarto do atirador de Las Vegas

Em entrevista coletiva, o xerife Joe Lombardo informou que o atirador, identificado como Stephen Paddock era um homem branco, morador de Vegas, que cometeu suicídio no 32° andar do Mandalay Bay – de onde ele efetuou os disparos – e que ele agiu sozinho.

Os hospitais de Las Vegas estão lotados e as autoridades iniciaram uma campanha para doação de sangue aos feridos. A rede  CNN   informou que este episódio é o tiroteio mais sangrento da história dos Estados Unidos .

Segundo as últimas informações da polícia, Stephen Paddock deixou 58 mortos e 515 feridos no ataque a tiros. O grupo terrorista Estado Islâmico chegou a reivindicar o ataque, mas a polícia e o FBI negam que exista alguma evidência que confirma a veracidade dessa reivindicação.

Leia também: Ataque de atirador em casa noturna de Istambul deixa pelo menos 39 mortos

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários