Tempestade tropical Lee volta a ganhar força e deve se tornar furacão neste domingo (24), segundo o Centro Nacional de Furacões dos  EUA
AP
Tempestade tropical Lee volta a ganhar força e deve se tornar furacão neste domingo (24), segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA


Dados do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) indicam que a tempestade tropical Lee, que tinha se dissipado na sexta-feira (22), está retomando força. Ao que tudo indica, até domingo (24) ela pode se tornar um furacão de grande intensidade. As informações são da agência de notícias EFE. 

Leia também: Traficante que comandou invasão à Rocinha é preso pela Polícia Civil

Em um boletim divulgado na manhã deste sábado (23), o Centro informou que a velocidade de translação da tempestade tropical Lee caiu para  quatro quilômetros por hora. No entanto, os ventos sustentados apresentados pela tempestade tropical, estão se fortalecendo, subindo para 75km/h. Isso fará com que a tempestade vire um furacão.

No momento em que o boletim foi divulgado neste sábado (23), Lee estava a 1.450 quilômetros do leste de Bermuda (Caribe). Foi identificado ainda pelo Centro que a tempestade se move em direção ao norte, mas mudará o rumo para o Nordeste. A previsão do NHC é que ele se fortaleça nas próximas 48 horas.

Você viu?

O furacão Maria , atualmente de categoria 3 na escala Saffir-Simpson, avança em direção noroeste sobre as águas do Atlântico Central. Após devastar Porto Rico e afetar a Dominica e as Ilhas Virgens Britânicas na última quarta-feira (20), a indicação do NHC é de monitorar o furacão Maria, uma vez que ele atualmente está a 395 quilômetros de Eluthera e 515 quilômetros de Nassau, ambas nas Bahamas . O furacão apresenta ventos de 185km/h, com rajadas ainda mais intensas.

Leia também: Terremoto de magnitude 3 atingiu o nordeste da Coreia do Norte neste sábado

Furacão Maria

Balanço divulgado neste sábado (23) aponta que 73 localidades da República Dominicana permanecem isoladas por causa do transbordamento de rios e canais, acidentes estes provocados pelo furacão Maria, que na quinta-feira (21) passada se aproximou do litoral do país, informou o Centro de Operações de Emergências (COE).

O Escritório Nacional de Meteorologia afirmou que, apesar de o furacão estar 575 quilômetros ao norte/noroeste da província de San Felipe de Puerto Plata, ele segue afetando de maneira indireta nas condições climáticas, e chuvas são esperadas para este fim de semana. 

Com esses dados, as entidades meteorológicas pedem atenção à população para não ser afetados nem pela tempestade tropical e pelo furacão, que continuam deixando o tempo instável nas regiões. 

Leia também: Mãe "captura" fantasma ao lado do filho ao usar máscara do Snapchat

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários