Tamanho do texto

Vítimas do tremor gravaram cenas de prédios desabando nas cidades atingidas; estima-se que quase 30 prédios cederam na capital mexicana

Terremoto México
Reprodução
Terremoto México

Nesta terça-feira (19) um forte tremor de terra atingiu o México, com magnitude de 7,1  na escala aberta de Richter, por volta das 15h14, de acordo com o horário de Brasília. Conforme divulgou o Serviço Sismológico Nacional (SSN) dos EUA, o epicentro do terremoto se concentrou ao redor da cidade de Izucar de Matamoros, localizado ao sul da capital mexicana.

Até o momento, conforme o último balanço oficial, o terremoto no México deixou 119 vítimas fatais em todo o país. Somente na capital, Cidade do México, 27 pessoas morreram. No estado do México oito civis faleceram, em Morelos, 54, e em Puebla, 26.

Os últimos relatos registraram a queda de, pelo menos, 44 prédios na Cidade do México. Além de notificações de incêndios e pessoas presas em escombros dos desabamentos.

Veja abaixo alguns registros de edifícios despencando por conta do tremor:










Vítimas gravaram os momentos de terror dentro de apartamento durante o terremoto.




A rede de televisão Milenio também gravou a queda de uma ponte na estrada que liga a Cidade do México ao Porto de Acapulco, no município de Xochitepec, e de outra na estrada que liga Tepoztlán e Cuautla.

O secretário de Governo de Morelos, Matías Quiroz, afirmou que ainda estão sendo avaliados danos em hospitais e que nenhuma escola do estado foi danificada.

Em Puebla, o governador José Antonio Gali atualizou para 26 o número de mortos, e na capital do país as autoridades relataram quatro mortes, contaram 29 edifícios que desabaram e disseram que 50 mil agentes das forças de segurança participam dos trabalhos de resgate.

O tremor coincidiu com o 32º aniversário do poderoso terremoto que causou milhares de mortes em 1985 e apenas duas horas após uma simulação de um abalo sísmico em todo o país.

Além disso, aconteceu apenas 12 dias depois de outro forte tremor, de magnitude 8,2 - o mais forte em solo mexicano desde 1932 - deixar 98 mortos no sul do país.

Leia também: Furacão "Maria" sobe para categoria 5 e chega na ilha de Dominica

Outros casos

No dia 8 de setembro deste ano, diversos estados mexicanos registraram o pior terremoto desde 1932.  O sismo de 8,2 graus na escala Richter causou quase 100 mortos nos estados de Oaxaca, Chiapas e Tabasco. 

Além disso, nesta terça-feira, centenas de pessoas relembraram os 32 anos do maior terremoto que atingiu a Cidade do México . Em 1985, um tremor de 8 graus de magnitude destruiu a capital e deixou mais de 10 mil mortos. 

*Com informações da Agência Brasil e Agência Ansa

Leia também: Com nova pasta, ONU promete "tolerância zero" a membros que cometem abuso sexual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.