Tamanho do texto

O atirador foi morto pela polícia da Alemanha do lado de fora da boate depois de os oficiais terem chegado à cena do crime por volta das 3h30 locais

Atirador foi morto pela polícia do lado de fora da boate, após matar um e ferir quatro na Alemanha
Reprodução/Twitter
Atirador foi morto pela polícia do lado de fora da boate, após matar um e ferir quatro na Alemanha

Um homem de 34 anos abriu fogo contra dezenas de pessoas em uma boate na cidade de Konstanz, sul da Alemanha, na manhã deste domingo (30), matando pelo menos uma pessoa e ferindo outras quatro. Segundo o jornal britânico “The Guardian”, três vítimas estão em estado grave.

Leia também: Ataque com faca deixa um morto e diversos feridos em supermercado de Hamburgo

O atirador foi morto pela polícia da Alemanha do lado de fora da boate depois de os oficiais terem chegado à cena do crime por volta das 3h30 da manhã locais. Ele chegou a ser levado para o hospital, passando por cirurgia, mas não resistiu. Entre as pessoas feridas, está um policial que acabou sendo atingido durante a troca de tiros.

De acordo com as autoridades alemãs, o atirador era um homem de cidadania iraquiana que vivia no país há muitos anos e que não era um candidato a asilo. As motivações do tiroteio ainda não foram esclarecidas. O oficial Fritz Bezikofer afirmou que a polícia já descartou terrorismo, dizendo que a investigação sobre o caso ainda está em andamento, mas que “as circunstâncias que cercam os eventos na boate levaram ao descarte de terrorismo”.

De acordo com uma testemunha do incidente à mídia local, o homem estava com uma metralhadora. “O clube estava lotado. Eu acho que havia mais de 100 pessoas lá dentro”, afirmou.

Leia também: Em clima de tensão, Maduro dá início à votação de Constituinte na Venezuela

O tiroteio da madrugada de hoje acontece depois da morte de uma pessoa, além de outras seis vítimas feridas a facadas, na cidade de Hamburgo na sexta-feira. Oficiais afirmaram que o responsável pelo ataque era um homem muçulmano anteriormente conhecido pelas forças de segurança, que possuía problemas de saúde mental.

No ataque em Hamburgo , que aconteceu em um supermercado, uma mulher de 50 anos e quatro homens com idades entre 19 e 64 anos foram feridos, todos de cidadania alemã. Um homem turco de 35 anos também foi ferido enquanto tentava parar o criminoso, de acordo com as testemunhas.

Leia também: 'Míssil norte-coreano testado ontem pode atingir até NY', diz especialista

Ataques no país

 A Alemanha está em alerta após uma série de ataques terroristas no país desde o ano passado. Além disso, o país recebeu mais de um milhão de refugiados em seu território, embora o número tenha caído em 2017, desde que a União Europeia estabeleceu medidas para reduzir o fluxo de imigrantes.


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.