Tamanho do texto

Um homem foi detido após caçada policial; segundo testemunhas, ele estava com a roupa ensanguentada e saiu com a cabeça coberta em um saco branco

Uma pessoa foi morta e outras acabaram feridas em um ataque com faca em um supermercado na Alemanha
Reprodução/Twitter
Uma pessoa foi morta e outras acabaram feridas em um ataque com faca em um supermercado na Alemanha

Uma pessoa foi morta e outras acabaram feridas em um ataque com faca em um supermercado de Hamburgo, na Alemanha, nesta sexta-feira (28), de acordo com a polícia local. O suspeito do ataque foi detido, mas sua identidade ou suas motivações não foram confirmadas. 

Leia também: A dois dias de constituinte, Maduro proíbe protestos e promete pena de 10 anos

“Nós não temos informações claras sobre quais são as motivações do crime ou mesmo de quantas pessoas foram feridas”, afirmou a polícia de Hamburgo, Alemanha, pelo Twitter.

Uma testemunha contou ao jornal Bild afirmou que “um homem entrou, repentinamente, e atacou os clientes; havia uma pessoa morta e várias feridas”. Fontes locais afirmam que algumas pessoas teriam ouvido o homem gritar  "Allahu Akbar" enquanto atacava suas vítimas. A expressão significa "Deus é Grande", em português, bastante utilizada por fieis muçulmanos. 

De acordo com informações do portal britânico "Daily Mail", o suspeito foi detido pela polícia após uma caçada de 30 minutos, quando foi possível ver um homem coberto de sangue, com um saco branco cobrindo sua cabeça, dentro de um veículo policial. 

Leia também: Pentágono vai contra Trump e se recusa a proibir transgêneros nas Forças Armadas

O ataque de hoje aconteceu no distrito de Barmbek, entre as ruas Fuhlsbüttler e Hermann Kaufmann, por volta das 15h locais (11h em Brasília) no supermercado chamado “Edeka”. A polícia armada se dirigiu para o local rapidamente, e um helicóptero de socorro médico também foi enviado à região.   

Leia também: Acidente de trem deixa mais de 50 pessoas feridas em Barcelona

As ruas nos arredores do estabelecimento foram fechadas pelas autoridades. Também foi encaminhado um pedido para que a população da cidade evite a área.  

Ataques no país

 A Alemanha está em alerta prévio após uma série de ataques terroristas no país desde o ano passado. Além disso, o país recebeu mais de um milhão de refugiados em seu território, embora o número tenha caído em 2017, desde que a União Europeia estabeleceu medidas para reduzir o fluxo de imigrantes.

*Com informações de portais e jornais internacionais