Tamanho do texto

Corpo do famoso pintor surrealista foi exumado graças a um processo de paternidade; especialista chamou o fenômeno do bigode erguido de 'milagre'

Bigodes de  Salvador Dalí são muito famosos; segundo especialistas, eles estavam intactos 28 anos após sua morte
Arquivo
Bigodes de Salvador Dalí são muito famosos; segundo especialistas, eles estavam intactos 28 anos após sua morte

Os especialistas que participaram da exumação do corpo do pintor Salvador Dalí, nesta quinta-feira (20), afirmaram, nesta sexta-feira (21), que os restos mortais do surrealista, que haviam sido embalsamados, estão bem conservados. O mesmo se diz sobre o seu marcante bigode .

Leia também: Tela de Salvador Dalí volta a bater recorde mundial em leilão em Londres

De acordo com os especialistas, o bigode de Salvador Dalí estava intacto, mesmo 28 anos depois da sua morte. 

Narcís Bardalet, o embalsamador que cuidou do corpo de Dalí depois de sua morte, em janeiro de 1989, e ajudou com a exumação na noite desta quinta, disse que ficou encantado ao ver novamente a característica mais conhecida do pintor.

"O bigode dele ainda está intacto, assim como ele gostava. É um milagre", afirmou Bardalet à estação de rádio catalã RAC1 . "O bigode estava na posição clássica, marcando dez horas e dez minutos", disse o secretário-geral da Fundação Gala-Dalí, Luis Peñuelas Reixach, durante entrevista no Teatro-Museo Dalí, em Figueres, Girona.

Suposta herdeira do pintor surrealista

A exumação fez-se necessária para extrair amostras de DNA do artista, para um processo de paternidade. Isso porque Maria Pilar Abel Martinez, uma vidente nascida na cidade de Girona em 1956, afirma ser sua filha. 

Leia também: DiCaprio compra quadro de Dalí em leilão por R$ 2,3 milhões

Os médicos legistas realizaram extrações de "restos ósseos e/ou peças dentárias" do cadáver e as enviarão para análise no Instituto Nacional de Toxicologia, em Madri. Lá ocorrerá a comparação do DNA do pintor e de sua suposta filha. O resultado deve ficar pronto em torno de um ou dois meses.

De acordo com a juíza Maria del Mar Crespo, o estudo do DNA do cadáver do pintor é considerado necessário por causa da ausência de outros traços biológicos ou pessoais capazes de permitir uma comparação.

Pilar Abel luta para ser reconhecida como filha do artista desde 2007. Ela afirma que é fruto de uma relação entre Dalí e sua mãe, que, na época, trabalhava como empregada doméstica de uma família que passava temporadas em Figueres, no nordeste da Espanha.

Nascido em 1904, Salvador Dalí é um dos maiores expoentes do Surrealismo. Ele foi casado com a russa Helena Diakonova, falecida em 1982, e morreu sem descendentes conhecidos. Seu corpo está sepultado no Teatro-Museu Dalí de Figueres. 

Leia também: Peritos preparam exumação dos restos mortais do ex-presidente João Goulart

* Com informações da Agência Ansa.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.