Tamanho do texto

Lista das "pessoas mais ilustres da História mundial" é realizada desde 1989; nomes de pessoas não russas aparecem apenas depois da 14ª posição

Putin aparece em segundo lugar na lista, mas
Presidência da Russia - 26.5.17
Putin aparece em segundo lugar na lista, mas "popularidade" do presidente russo cresceu nos últimos 17 anos

Uma pesquisa realizada na Rússia, divulgada nesta segunda-feira (26), mostra que, para a maioria dos russos, Joseph Stalin é a figura “mais ilustre da História mundial”, sendo seguido pelo atual presidente, Vladimir Putin.

Leia também: "A Terra é plana e tudo o que conhecemos é mentira", garante Anonymous em vídeo

O estudo realizado pelo “Levada Center” questionou uma amostra de 1,6 mil cidadãos da Rússia, pedindo para que elegessem o “top 10: pessoas mais marcantes de todos os tempos e todas as nações”. Do total, os 20 mais citados foram compilados e divulgados. Vale destacar que os nomes citados não foram sugeridos na pesquisa. Nos três primeiros lugares ficaram: Stalin (38%), Putin (34%) e, em seguida, o poeta russo Alexander Pushkin, considerado “o Shakespeare russo”.

Aliás, na lista do Levada Center, que acontece anualmente desde 1989, os 34% de Putin equivalem ao percentual mais alto desde que ele chegou ao poder, há 17 anos. Já o ditador soviético Stalin teve queda em sua popularidade, já que, em 2012, teve 42% dos votos. Mas, há uma dúvida sobre a relação entre a popularidade do ex-líder e o atual.

Na Rússia, Stalin é frequentemente retratado – não como o arquiteto de políticas assassinas, de fome em massa e outros problemas –, mas como o responsável pela vitória na Segunda Guerra Mundial, que é chamada de “A Grande Guerra Patriótica” no país.

Uma pesquisa realizada na Rússia mostra que, para a maioria dos russos, Joseph Stalin é a figura “mais extraordinária da história mundial
Reprodução/Wikipedia
Uma pesquisa realizada na Rússia mostra que, para a maioria dos russos, Joseph Stalin é a figura “mais extraordinária da história mundial

Por exemplo, várias cidades russas revelaram monumentos a Stalin nos últimos meses. Segundo uma pesquisa da Levada, publicada em maio, o número de russos que consideram as repressões de Stalin como "crimes políticos" caiu de 51%, em 2012, para 39% em 2017. Além disso, o número de russos que não sabiam nada sobre as repressões realizadas durante seu governo dobrou de 6% a 13% no mesmo período.

Leia também: Girl Power: mulher dá risada após se safar de tiro do Estado Islâmico; assista

Vladimir Putin já fez críticas ao líder soviético em algumas entrevistas. Para o diretor norte-americano Oliver, o presidente russo disse que Stalin “é uma figura complexa” e que reconhece "os horrores do stalinismo", mas também defende que "a demonização excessiva de Stalin é uma das formas como os inimigos atacam a Rússia".

Na mesma entrevista, Putin compara Stalin com o imperador francês Napoleão Bonaparte, afirmando serem “líderes que vieram ao poder pela revolução e acabaram concentrando forte autoridade”.

Raros estrangeiros

Napoleão, aliás, aparece na pesquisa da Levada, sendo considerado a 14ª “pessoa mais extraordinária da História mundial” (com 9% dos votos). Ele é o primeiro não russo (ou soviético) da lista. As únicas figuras estrangeiras que foram mencionadas por mais de 6% dos russos foram Albert Einstein (16ª posição) e Isaac Newton (19ª posição).

As respostas refletidas pela pesquisa não são incomuns. Segundo o “The Washington Post”, as pessoas tendem a nomear as pessoas e os eventos mais próximos de suas vidas, o que explica como o tiroteio de Orlando, nos Estados Unidos, ocorrido no ano passado, acabou em uma lista dos eventos históricos mais significativos nas vidas dos americanos, publicada em dezembro.

Leia também: Maduro pede que apoiadores "peguem em armas" em resposta a ataque de helicóptero

Outros nomes citados na pesquisa fora: Yury Gagarin (6º), o primeiro homem no espaço; Leo Tolstoy (7º) e Dmitry Mendeleev (13º), que desenvolveram a classificação periódica dos elementos; Vladimir Lênin (4º) e Pedro, o Grande (5º), modernizador do estado medieval da Rússia , certamente são figuras de grande importância histórica. Nenhum presidente ou líder dos EUA teve mais de 6% dos votos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.