Tamanho do texto

Garota estava no parque de diversão a passeio com a escola quando caiu em atração aquática e sofreu lesões múltiplas; professora deveria estar no local

Criança morreu em brinquedo do parque de diversão que simulava um passeio de rafting em um rio de correnteza
Reprodução/Twitter
Criança morreu em brinquedo do parque de diversão que simulava um passeio de rafting em um rio de correnteza

Uma menina de 11 anos morreu durante uma visita a um parque de diversão com a escola no Reino Unido. A garota caiu em uma atração de água e sofreu múltiplas lesões, falecendo pouco depois de ser socorrida por helicópteros.

Leia também: Menina de seis anos morre em explosão de pula-pula na Espanha

O acidente aconteceu na tarde desta terça-feira (9) no parque de diversão temático Drayton Manor, na Inglaterra. Visitantes afirmaram ter ouvido choros e gritos vindos da entrada da atração logo  após a queda da garota.

Médicos tentaram salvar a vida da jovem no caminho para o hospital, mas ela não resistiu. Além das lesões sofridas com a queda, a garota se afogou com a água do brinquedo, chamado Splash Canyon.

Como estava em um passeio escolar, uma professora deveria estar no mesmo carrinho que a menina ou próxima a ela no momento da morte. As instruções de segurança do parque pedem que crianças sejam supervisionadas por adultos perto de atrações com água.

Leia também: Menino morre após ser esmagado em restaurante giratório dos EUA

A Administração de Saúde e Segurança, órgão britânico que investiga acidentes de trabalho, já está ciente do caso e iniciou o inquérito para entender as circunstâncias do acidente. O departamento também participou do resgate.

Hopi Hari

O dia também foi de más notícias para um parque temático no Brasil. Foi anunciado também nesta terça-feira que o Hopi Hari, localizado em Campinas, próximo a São Paulo, está perto da falência. O parque teria acumulado R$ 700 milhões em dívidas.

Em seus dias de glória, o Hopi Hari recebia 24 mil visitantes por dia, hoje o cenário mudou e menos de 200 pessoas vão ao parque diariamente. Com apenas 12 atrações abertas, o empreendimento não tem mais nem seguro e quase 300 funcionários não recebem salário há três meses.

Leia também: Adolescente morre ao despencar de brinquedo em parque de diversão na China

A notícia comoveu jovens adultos que frequentavam o parque de diversão durante a infância e adolescente, nas famosas noites de terror. Hopi Hari passou boa parte do dia entre os trending topics do Twitter.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.