Tamanho do texto

Além da garota, outras seis crianças sofreram lesões, duas delas em estado grave; foi aberta uma investigação para descobrir o que aconteceu

Foram encontrados detritos do pula-pula a mais de 36 metro da explosão, inclusive no telhado do restaurante
Reprodução/Twitter
Foram encontrados detritos do pula-pula a mais de 36 metro da explosão, inclusive no telhado do restaurante

A explosão de um pula-pula provocou a morte de uma garotinha de seis anos em um restaurante na região de Girona, no leste da Espanha, durante a tarde deste domingo (7). Além da menina, outras seis crianças foram feridas pela explosão do brinquedo.

Leia também: Menino morre após ser esmagado em restaurante giratório dos EUA

No momento do acidente, as crianças foram jogadas ao ar, como em uma catapulta, e tiveram uma queda de aproximadamente 14 metros de altura. Acredita-se que a explosão tenha sido causada por uma válvula que falhou e explodiu com o aumento da pressão no interior do pula-pula .

Os pais da criança almoçavam tranquilamente enquanto seus filhos brincavam no inflável. De repente, um barulho alto foi ouvido e os pequenos foram vistos voando no ar, conforme foi descrito por uma testemunha ao Daily Mail .

Três crianças – duas meninas de seis e sete anos e um menino de nove anos – sofreram lesões graves e foram levados ao hospital em um helicóptero e estão sendo tratados por múltiplos ferimentos. Mais tarde, a mais nova das crianças feridas não resistiu e faleceu durante a noite, poucas horas depois de ser internada.

Leia também: Adolescente morre ao despencar de brinquedo em parque de diversão na China

As outras três crianças que estavam no brinquedo, com idades entre três e 11 anos, tiveram machucados menores, como cortes e hematomas, e foram atendidas por ambulâncias. Ao fim da queda, os pequenos caíram no asfalto ou na grama.

Detritos do inflável foram encontrados a mais de 36 metros do local original da explosão, inclusive presos em galhos de árvores e até no telhado do restaurante. Foi aberta uma investigação para descobrir o que aconteceu.

Controle de danos

Os serviços de emergência permaneceram no restaurante durante toda a tarde. Foram disponibilizados dois helicópteros, sete ambulâncias, oito viaturas policiais e cinco equipes dos bombeiros para lidar com o acidente.

Leia também: Polêmico, parque temático para crianças ensina a usar granadas e armas pesadas

Por causa da seriedade da situação, o governo da Catalunha – estado espanhol onde fica Girona – colocou em ação seu Plano de Proteção Civil, que organiza recursos materiais e humanos para otimizar a resposta a acidentes.

 O prefeito de Caldes de Malavella, cidade onde está localizado o restaurante, descreveu a explosão como “muito, muito forte”. Segundo ele, o pula-pula era novo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.