Ataque ocorreu em estação de trem da Alemanha, por volta das 20h50 locais, nesta quinta-feira
Reprodução/Twitter
Ataque ocorreu em estação de trem da Alemanha, por volta das 20h50 locais, nesta quinta-feira

Um homem foi preso depois de atacar e ferir sete pessoas com um machado em uma estação de trem da cidade de Düsseldorf, na Alemanha, nesta quinta-feira (9) à noite, segundo as informações da polícia local.

Leia também: Protestos após impeachment de presidente da Coreia do Sul deixam dois mortos

Em um anúncio nesta sexta-feira (10), policiais da cidade da Alemanha descreveram o suspeito como um homem de 36 anos, nascido na antiga Iugoslávia, que aparentemente tem problemas mentais. Ainda de acordo com a declaração, três das vítimas estão gravemente feridas, e as outras têm quadro de saúde estável. O detido também ficou ferido no ataque.

As autoridades afirmaram que não há indício de motivações terroristas por detrás do ataque acontecido na noite de ontem. A estação de trem ainda está fechada enquanto os especialistas analisam a cena do crime. Não existe possibilidade de haver outros criminosos e, por isso, as buscas por um responsável já foram encerradas.

Testemunhas afirmara que o homem teria entrado linha 28, que faz o percurso entre Rhein-Ruhr S-Bahn, por volta das 20h50 locais, iniciando o ataque aos passageiros, que se encontravam na plataforma. Depois de seguir pela via, o criminoso pulou de uma ponte ferroviária – quando, possivelmente, teria se ferido. Ele foi preso logo em seguida, ainda carregando a arma do crime.

País na mira

Diversos ataques atingiram a Alemanha nos últimos meses, incluindo alguns em que os criminosos apresentaram problemas mentais, tais como o caso do caminhão que atropelou e matou dezenas de pessoas em um mercado natalino de Berlim (o qual o Estado Islâmico reivindicou autoria).

Você viu?

Leia também: "Comparações assim têm de acabar", diz Merkel após acusação de 'ser nazista'

A polícia ainda não conseguiu entrevistar o suspeito detido de Düsseldorf, uma vez que seus ferimentos são graves depois de pular de uma ponte. Um porta-voz afirmou aos jornalistas da Agence France-Presse (AFP) nesta sexta-feira de manhã que já excluíram motivações extremistas islâmicas para o ataque.

O jornal local “Rheinische Post” conversou com uma testemunha do incidente na estação de trem chamado Tobias Schneeberger, de 30 anos, que disse que o criminoso “apareceu na estação e correu para cima e para baixo da plataforma, carregando a arma”. Algumas pessoas afirmaram se tratar de um machado, outras descreveram como uma machadinha.

Leia também: Presidente da Turquia acusa Merkel de ser “nazista” por vetar comícios

Outra testemunha do ataque na Alemanha ainda disse que “havia sangue no chão” e, ainda, que “acredita ter visto dois corpos na via ferroviária”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários