Governadores enviaram carta ao presidente dos Estados Unidos pedindo cooperação nas questões climáticas
Mario Oliveira/ MTUR
Governadores enviaram carta ao presidente dos Estados Unidos pedindo cooperação nas questões climáticas

Com o objetivo de fortalecer a agenda ambiental na Amazônia e o Acordo de Paris, 25 estados brasileiros assinaram uma carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden , pedindo cooperação nas questões climáticas. O documento foi enviado nesta terça-feira (20), durante videoconferência com o embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), representou os demais líderes na reunião e destacou a responsabilidade com o equilíbrio do clima no planeta. "Faz-se necessário reafirmar o compromisso dos governos subnacionais com a agenda de enfrentamento às mudanças climáticas. É fundamental que as políticas públicas brasileiras possam estar concebidas e lideradas no campo federal, junto com os órgãos que atuam diretamente com essa agenda. Contudo, para que essa efetividade se concretize, é preciso agir em conjunto com as ações dos governos estaduais", disse o chefe do Executivo estadual paraense. 

A mensagem – assinada por 25 governadores, com exceção dos de Santa Catarina, Rondônia e Roraima–, diz que os estados estão abertos para "estabelecer um canal de interação com o seu governo para avançarmos em passos práticos" e também menciona a questão da vacinação para o controle da pandemia de Covid-19 . "A terrível pandemia atual, somada à urgência climática, exigem ações imediatas para evitar novas doenças em escala planetária, tendo como princípio a união de nações, conhecimentos, capacidades e, sobretudo, solidariedades e sonhos que nos elevem a um novo patamar de sabedoria coletiva. Unir esforços imediatamente para vacinação é a maior prioridade", diz um trecho da carta.

Leia o documento na íntegra:

Você viu?


Carta de Bolsonaro

No último dia 15, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também preparou uma carta a Biden , na qual reafirma o compromisso de eliminar o desmatamento ilegal até 2030 e pede o apoio do governo norte-americano com investimentos para que a meta seja alcançada.

O governo dos Estados Unidos tem cobrado o Brasil em relação a compromissos claros e imediatos na questão ambiental, principalmente para combater o desmatamento ilegal no país. Biden espera que o Brasil apresente medidas na cúpula de líderes para o clima em abril, que é organizada pelo próprio mandatário. Além disso, a Casa Branca tem reforçado que o Brasil pode perder investimentos e espaço para suas exportações se não mudar de posição, já que muitos governos e empresas têm buscado fazer contratos com países alinhados à causa ambiental.

*Sob supervisão de Valeska Amorim

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários