No canto superior da imagem, é possível ver cadeiras vazias
Reprodução Twitter
No canto superior da imagem, é possível ver cadeiras vazias

O Partido Liberal estima que 12 mil pessoas compareceram ao  evento que oficializou a candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição neste domingo (24), no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. O espaço tem lotação máxima de 15 mil pessoas. 

"A convenção, que reuniu cerca de 12 mil pessoas, contou com a presença de diversos políticos, como o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL-RJ), o presidente do PP, Ciro Nogueira, governador do DF, Ibanês Rocha (MDB), entre outros", diz a nota do partido

A expectativa divulgada ao longo da semana era de 10 mil pessoas.

Durante a semana, ativistas de esquerda se mobilizaram para garantir seu ingresso e faltar a convenção, para esvaziar a celebração. O PL, no entanto, gerou outro link e afirmou ter cancelado quase 50 mil ingressos. 

O partido afirmou ainda que vai entrar com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para investigar tentativas de invasão à plataforma de inscrições.

O evento

Em seu discurso , o presidente Jair Bolsonaro citou ações de seu governo, enalteceu lideranças do Centrão e criticou o ex-presidente Lula (PT), seu principal adversário nas pesquisas.

No encerramento de sua fala, Bolsonaro ainda fez ataques ao STF e conclamou apoiadores a irem às ruas no próximo dia 7 de setembro, mesma data em que, no ano passado, participou de manifestações antidemocráticas que pediam o fechamento a Corte.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários