Alexandre Kalil
Divulgação
Alexandre Kalil

Eleitores de todo o Brasil foram às urnas neste domingo para votar nos próximos prefeitos e vereadores de suas cidades. Em algumas regiões, a disputa segue para o segundo turno, porém, em outras, os candidatos conseguiram a vantagem necessária para vencer no primeiro e garantir o mandato pelos próximos quatro anos.

Ao todo, 7 das 26 capitais já tem seus prefeitos confirmados. O caso que mais chama a atenção é a vitória no primeiro turno em Belo Horizonte, com a reeleição Alexandre Kalil (PSD) . Assim como BH, Florianópolis também reelegeu o atual prefeito Gean Loureiro (DEM) . Em Salvador, o atual vice-prefeito Bruno Reis (DEM) levou a melhor contra todos os adversários e assume a cadeira principal .

Campo Grande também definiu o novo comando no primeiro turno, com a reeleição Marquinhos Trad (PSD) . Curitiba é outra capital que não terá necessidade de segundo turno. Rafael Greca (DEM) venceu com folga os adversários . Natal, por sua vez, teve como grande vencedor Álvaro Dias (PSDB) .

Palmas, em contrapartida, é um caso específico em comparação das outras capitais do país. Segundo inciso II do artigo 29 e no artigo 77 da Constituição Federal de 1988, como a cidade tem menos de 200 mil eleitores em 2020, a eleição será decidida em turno único.  Diante disso, a atual prefeita Cintia Ribeiro (PSDB) levou a melhor e já está eleita.

Enquanto isso, capitais improtantes como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre foram para o segundo turno, que está marcado para dia 29 de novembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários