Universidade de São Paulo - USP
Reprodução: commons - 09/06/2022
Universidade de São Paulo - USP

A USP subiu seis posições no QS World University Ranking e foi considerada, pela consultoria britânica especializada em ensino superior Quacquarelli Symonds (QS), como a 115ª melhor universidade do mundo. Com essa posição, ela é a mais bem ranqueada do Brasil. Foram avaliadas mais de 1.400 instituições de 100 países.

As três universidades que lideram o ranking são o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), na 1ª posição; a Universidade de Cambridge, na 2ª posição; e a Universidade Stanford, na 3ª.

Na América latina, o Brasil é o país com mais instituições classificadas no ranking. São 35 ao todo. Além da USP, outras quatro instituições brasileiras ficaram entre as 500 melhores do mundo: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 210ª posição, subindo 23 posições em relação ao ano passado.

"O ensino superior brasileiro está enfrentando desafios significativos. Em 2021, um corte no orçamento fez o financiamento do ensino superior cair para seu menor valor em 17 anos – com o dobro do número de estudantes. Considerando que a maioria das pesquisas brasileiras é realizada por universidades públicas e financiada por recursos estatais e nacionais, estes cortes são um golpe nas ambições das universidades do país", afirmou o vice-presidente sênior da QS, Ben Sowter.

A lista segue com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na 333ª, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na 441ª, e da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), na 477ª colocação.

"Apesar disso, o Brasil continua a produzir pesquisas relevantes e importantes, por exemplo, Jaqueline Goes de Jesus, da Universidade de São Paulo, alcançou reconhecimento global por seu trabalho sequenciando o genoma de uma variante da Covid-19", ressaltou Sowter.

A edição deste ano do QS World University leva em consideração oito indicadores: Reputação Acadêmica, Reputação entre Empregadores, Proporção de Docente por Aluno, Citações Científicas, Proporção de Estudantes Estrangeiros, Corpo Docente Internacional, Rede Internacional de Pesquisa e Empregabilidade.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários