Marcelo Castro critica proposta de homeschooling
Geraldo Magela/Agência Senado
Marcelo Castro critica proposta de homeschooling

Marcelo Castro (MDB-PI), presidente da Comissão de Educação do Senado, criticou o projeto de homeschooling aprovado na última quinta-feira (19) pela Câmara dos Deputados . O texto segue agora para análise do Senado.

Em sua conta oficial do Twitter, Castro ressaltou que o Brasil precisa de investimentos da área da educação e que, como representante da pasta no Senado, vai lutar contra esse projeto.

O projeto de educação domiciliar, prioridade do governo Bolsonaro e de autoria da relatora Luísa Canziani (PSD-PR), prevê pré-requisitos aos pais, dá novas tarefas às escolas e cria exigências pedagógicas para que as crianças possam ser educadas em casa. 


A votação do texto que regulamenta o homeschooling foi relâmpago e rachou a bancada da educação na casa. Foram 264 votos favoráveis e 144 contrários ao texto. 

A aprovação desse projeto dividiu a bancada da educação na Câmara que, apesar de pequena, é muito mobilizada e costuma votar em conjunto em diversos temas.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários