Abandono escolar na rede pública mais que dobra em 2021, diz Inep
Amanda Perobelli
Abandono escolar na rede pública mais que dobra em 2021, diz Inep

A taxa de abandono escolar no ensino médio na rede pública mais do que dobrou em 2021, conforme dados divulgados, nesta quinta-feira (19), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em 2020, o percentual de estudantes que abandonaram instituições de ensino foi de 2,3%, enquanto em 2021, a taxa foi de 5%.

Os números integram os resultados finais da segunda etapa do Censo Escolar da Educação Básica 2021. No ensino fundamental, a taxa de abandono escolar subiu de 1%, em 2020, para 1,2%, em 2021. A rede privada de ensino não apresentou elevação.

Ainda segundo o levantamento do Inep, a região Norte do país foi a que mais sofreu com o abandono escolar. Enquanto o país teve um índice de 5% no ensino médio, os estados do Norte, juntos, acumularam uma taxa de 10,1%, mais que o dobro da média nacional. Já no ensino fundamental, o valor foi de 2,5% nesta região.

Além do abandono escolar, outra métrica chama a atenção: a do número de aprovados. A segunda etapa do Censo apontou para uma redução da taxa de aprovação na rede pública em todas as etapas de ensino em comparação com 2020.

Na rede pública, em 2020, a taxa de aprovação nos anos iniciais do ensino fundamental foi de 98,9%. Em 2021, esse percentual caiu para 97,6%. Nos anos finais do ensino fundamental, os números também são preocupantes. Em 2020, essa taxa foi de 97,8%. No ano passado, as aprovações diminuíram para 95,7%. As taxas de reprovação também aumentaram, passando de 0,8% para 2%.

Já no ensino médio, a taxa de aprovação caiu de 95% para 90,8% em relação a 2020. Em termos de reprovação, no ano passado, a taxa nessa etapa foi de 4,2%, um aumento de 1,5% em comparação com 2020 (2,7%).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários