Escola se preparam para a volta às aulas com aumento do distanciamento entre as mesas nas salas
Roberto Moreyra / Agência O Globo
Escola se preparam para a volta às aulas com aumento do distanciamento entre as mesas nas salas

O número de estudantes que pediram transferência para a rede pública do estado de São Paulo fez a quantidade de alunos nas escolas estaduais quase dobrar. Na comparação entre os meses de abril e junho de 2019 e 2020, a alta foi de 98%, passando de 3.762 para 7.439.

A informação é da Secretaria Estadual de Educação, que diz que o motivo para o crescimento se deve à evasão de alunos das escolas particulares em meio à pandemia da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-COV-2).

O maior número de transferências da rede privada para a estadual foi registrado entre maio e junho. Ao todo, 2.813 alunos fizeram a mudança. As matrículas para o ano letivo de 2021 ainda não foram abertas.

As transferências entre redes públicas estão temporariamente suspensas. Elas só devem ser retomadas após o retorno das aulas presenciais.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o estado de São Paulo registra, até esta terça-feira (4), 23.702 mortes e 575.589 casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus.

Entre o total de casos diagnosticados de Covid-19, 383.713 pessoas estão recuperadas, sendo que 72.109 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 59,3% na Grande São Paulo e 60,8% no estado. O número de pacientes internados é de 13.236, sendo 7.564 em enfermaria e 5.672 em unidades de terapia intensiva. 

Hoje, dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 641 cidades, sendo 475 com um ou mais óbitos.

    Veja Também

      Mostrar mais