ensino médio
Arquivo/Agência Brasil
Formato do ensino médio no Estado de São Paulo passa a contar com nova grade curricular

Para conter o abandono escolar após a pandemia da Covid-19 , o ensino médio de São Paulo terá 12 opções de cursos que permitirão aos estudantes escolher as matérias que mais se identificam. A implementação passa a acontecer na rede pública e privada em 2021.

A mudança curricular acontece pela primeira vez no país, a começar por São Paulo, determinada pela lei do novo ensino médio do ano de 2017. As novas regras foram aprovadas nesta quarta-feira (29) em uma reunião do Conselho Estadual de Educação. A assinatura que irá homologar o novo perfil escolar vai ser realizada ainda nesta semana.

Novo currículo

Ao menos cinco itinerários formativos deverão constar entre as escolhas livres, oferecidos pela lei de 2017. As matérias disponíveis serão: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e sociais aplicadas, formação técnica e profissional.

O jovem pode escolher, além das matérias tradicionais, as eletivas, voltadas para o interesse pessoal. Quem optar por linguagem poderá, por exemplo, ter aula de roteiro e artes cênicas, enquanto quem optar por matemática pode escolher robótica e games.

    Veja Também

      Mostrar mais