Tabata Amaral falando em microfone na Câmara arrow-options
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Tabata Amaral pediu convocação de Weintraub

A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) protocolou nesta sexta-feira (24) um pedido para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, seja convocado pela Câmara para prestar esclarecimentos sobre os erros no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), houve erro na correção de 5.974 provas entre 3,9 milhões de alunos participantes.

A pasta sustenta ainda que as notas foram corrigidas e diz não haver prejuízo a nenhum aluno.

Leia também: Mourão minimiza número de candidatos afetados por erro no Enem: "Ínfimo"

Tabata pede que Weintraub preste esclarecimentos à Comissão de Educação "de forma técnica, transparente e detalhada" sobre como o erro foi encontrado e quais foram às medidas adotadas para resolução do problema.

Leia também: Falha no Enem foi causada por 'atabalhoada contratação' de gráfica, diz comissão

"Acabei de protocolar o primeiro requerimento da Comissão de Educação do ano, convocando o Ministro Weintraub para prestar esclarecimento sobre o Enem. Precisamos de respostas sobre o que de fato ocorreu e garantias de que nenhum aluno será prejudicado", escreveu a parlamentar no Twitter.

O requerimento de Tabata precisa ser pautado e depois votado pela Comissão de Educação quando os trabalhos do colegiado forem retomados em fevereiro.

    Leia tudo sobre: Enem

    Veja Também

      Mostrar mais