Site do Sisu arrow-options
Aloisio Mauricio/Agência O Globo
Candidatos do Enem podem ingressar em universidades federais pelo Sisu

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação nesta sexta-feira (24) na Justiça Federal de Minas Gerais para suspender o Sisu , o Fies e o ProUni . O requerimento foi apresentado por conta dos erros na correção das provas do Enem e a procuradoria também pede que o calendário das inscrições seja revisto.

Caso sejam descumpridas as medidas, o MPF ainda pede que seja aplicada uma multa diária no valor de R$ 10 milhões.

Leia também: Erro no Enem: Inep diz que houve falhas em duas etapas da produção das provas

O pedido é para que a suspensão seja aplicada até que seja feita uma auditoria no resultado do Enem , alternativa sugerida por especialistas em avaliação educacional, e que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ( Inep ) realize nova conferência dos gabaritos de todos os candidatos.

O objetivo é garantir "a idoneidade, a correção do resultado do exame e a correspondência entre o gabarito utilizado e a prova realizada pelo candidato".

Leia também: Ministério Público recebeu 250 representações contra problemas no Enem

Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), houve erro na correção de 5.974 provas entre 3,9 milhões de alunos participantes.

    Leia tudo sobre: Enem Fies

    Veja Também

      Mostrar mais