Print de página do Sisu com duas mensagens dizendo arrow-options
Reprodução
Mensagem de "erro inesperado" atrapalha e assusta estudantes

Poucas horas após a abertura oficial das inscrições no Sistema de Seleção Unificada ( Sisu ), estudantes relatam estar enfrentando dificuldades no acesso ao site. Falhas no login e mensagens de “erro inesperado” e de “inscrições encerradas” estão entre os principais problemas.

Leia também: Horas após abertura de site, Sisu tem quase 500 mil inscrições

Natália Elen, de 19 anos, contou que o site apresentava lentidão e diversas falhas. Após inserir seus dados de identificação a longa espera para carregar a página inicial fazia com que a verificação captcha expirasse e fosse preciso começar o processo novamente. A estudante relatou ainda que quando finalmente conseguiu acessar a área do candidato, também enfrentou demora para conseguir visualizar e selecionar as opções de curso.

No Twitter, o Sisu é um dos assuntos mais comentados do momento no Brasil. Entre as mensagens, grande parte é de candidatos relatando problemas. Os usuários da rede social compartilharam registros de mensagens de “ erro inesperado ” e “inscrições encerradas”.

Leia também: Confira dicas de como aproveitar melhor o Sisu

Natália acessou o site às 8h, mas só conseguiu realizar a inscrição para a primeira opção por volta de 8h30 e a da segunda opção às 9h40. Ela tenta uma vaga de medicina na USP ou na UFMG e está participando do Sisu pela terceira vez. “Geralmente sempre tem uma certa demora, mas é a primeira vez que eu fico quase 2h pra conseguir me inscrever nas duas opções”, disse.

A estudante explicou que esse tipo de falha piora a ansiedade dos candidatos. “Eu, por exemplo, quando fico muito ansiosa começo a passar mal. Só nesse intervalo de menos de duas horas eu já passei mal umas três vezes”, afirma. “Por mais que a gente saiba que dá para entrar depois, que o prazo foi prolongado etc, sempre tem o ‘e se’, porque vai que não dá”, completa. 

A União Nacional dos Estudantes (UNE) também comentou as falhas no Twitter e afirmou que está tentando entrar em contato com o MEC. A entidade escreveu que "nunca um exame teve tantos episódios de negligência com os estudantes".

Leia também: MEC reconhece falha e afirma que site do Sisu foi normalizado

Na manhã desta terça, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, publicou um vídeo em sua conta no Twitter no qual afirma que o site estava funcionando normalmente.

No início da tarde desta terça-feira (21), o MEC informou por meio de sua assessoria de imprensa que o acesso ao sistema foi normalizado. Segundo o ministério, houve uma falha técnica no período da manhã, provavelmente causada pelo grande volume de acessos ao site, mas que agora as incrições do Sisu continuarão normalmente até às 23h59 de domingo (26).

    Veja Também

      Mostrar mais