Tamanho do texto

Reajuste anunciado em live do presidente Jair Bolsonaro no Facebook foi de 12,84%. Aumento segue lei que determina reajuste anual em janeiro

Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub se cumprimentando arrow-options
Marcos Corrêa/PR - 29.8.19
Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Educação Abraham Weintraub anunciaram nesta quinta-feira (16), na tradicional live de quinta do presidente no Facebook, que o piso salarial dos professores da educação básica foi reajustado. 

Leia também: Ministério da Educação cria comissão para descartar livros didáticos

O aumento foi de 12,84%, ou R$ 330,50, passando de R$ 2.557,74 para R$ 2.888,24. O ministro disse em seu Twitter que este é o maior aumento em termos reais desde 2012.

O reajuste anunciado já estava previsto, uma vez que a Lei do Piso (Lei 11.738), de 2008, determina que o piso salarial de professores deve ser atualizado anualmente em janeiro. A lei não estabelece um percentual mínimo para o reajuste, mas determina que o valor seja determinado com base no valor anual mínimo por aluno.

Esse cálculo é feito com base nas receitas anuais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação ( Fundeb ).

Os valores do Fundeb têm sido tema de discussão entre especialistas e representantes do governo. O MEC afirmou que  vai propor uma complementação da União de 15%. Especialistas defendem que o valor deveria ser de ao menos 40%.