Tamanho do texto

Alunos gravaram vídeo atirando livros e carteiras na educadora; sete foram suspensos e três foram apreendidos; docente ainda está internada em SP

alunos
Reprodução/redes sociais
Estudantes atiraram carteiras e livros contra a professora

Na semana passada, circulou nas redes sociais um  vídeo de uma professora sendo atacada por alunos na escola estadual de Carapicuíba, na Grande São Paulo. De acordo com o jornal Agora , a educadora está internada no Hospital do Servidor, na capital, após ter tido um surto. 

O caso aconteceu na última quinta-feira. Nas imagens, é possível ver os estudantes atirando livros e carteiras na professora . De acordo com a Secretaria de Educação, sete foram suspensos e poderão ser transferidos. 

Após os ataques e atos de vandalismo , a docente teve um surto em casa no último domingo (2). Segundo familiares, ela quebrou e arremessou objetos, gritou e teve seguidas convulsões. A educadora foi encaminhada para o pronto-socorro de Itapevi e depois transferida ao Hospital do Servidor Público Estadual, na zona sul da capital. 

Ela foi diagnosticada com crise de estresse pós-traumática e ainda não tem previsão de alta. Dez alunos estavam envolvidos na ação em Carapicuíba e nove deles foram apreendidos pela polícia. Na tarde de ontem, em audiência de apresentação, a Justiça determinou que três continuassem apreendidos, os demais foram entregues aos pais. 

Leia também: Do medo à autocensura: sintomas evidenciam que Escola Sem Partido se fez 'lei'

A partir de agora, o processo terá continuidade e a Justiça vai determinar qual medida socioeducativa os adolescentes terão que cumprir. As punições vão desde a prestação de serviços comunitários até a internação em uma unidade da Fundação Casa.