Tamanho do texto

Estudantes estavam próximos à Universidade Federal do Rio Grande do Sul quando foram impedidos por agentes do Pelotão de Operações Especiais

Manifestação contra cortes do MEC
Cristiane Mattos/ O Tempo/ Agência O Globo
Estudantes se manifestaram contra os cortes do MEC nesta quarta-feira (15)

Estudantes que realizavam ato contra os cortes nos recursos federais anunciados pelo Ministério da Educação em frente à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em
Porto Alegre, nesta quarta-feira (15), foram reprimidos com bombas de efeito moral arremessadas pela Brigada Militar.

Leia também: Acompanhe ao vivo as manifestações contra os cortes no MEC em todo o Brasil

Organizadores do movimento informaram que os estudantes realizavam uma panfletagem no local, mas quando a caminhada do ato foi iniciada, o Pelotão de Operações Especiais (POE)
interviu (assista abaixo).

Atos contra cortes no MEC pelo país

Estudantes, funcionários e professores de diversas universidades foram às ruas de todo o Brasil para protestar contra o corte de 30% no orçamento das universidades federais
anunciados no último dia 30 de abril pelo MEC.

Leia também: Veja fotos dos protestos contra cortes na Educação pelo país

O ministro Abraham Weintraub chamou o corte de contingenciamento e afirmou que os investimentos voltarão após aprovação da reforma da Previdência. Logo em seguida, o MEC cortou também as bolsas de pesquisa oferecidas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) em todo o País, o que culminou nas manifestações de estudantes .