Tamanho do texto

Espelhos com a correção estão disponíveis na Página do Participante; 55 candidatos obtiveram nota máxima e 112 mil alunos zeraram a prova

Tema da redação do Enem 2018 foi Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
shutterstock
Tema da redação do Enem 2018 foi Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 já podem ter acesso à correção da redação para fins pedagógicos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio (Inep) divulgou na manhã desta terça-feira (19) os espelhos da redação na Página do Participante do exame, neste link .

Leia também: Lista de espera do ProUni já está disponível no portal oficial do programa

Com o espelho, os estudantes podem conferir o que erraram e o que acertaram na prova. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso. O tema da edição do Enem do ano passado foi Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet.

Na última edição, ao todo, 55 candidatos obtiveram a nota máxima na redação (1 mil), e 112.559, o equivalente a 2,73% dos candidatos, zeraram a prova de redação.

Leia também: Anunciada como nova número 2 do MEC defende ensino "sob a ótica de Deus"

Dentre os 55 candidatos que tiraram nota mil na redação , as mulheres foram as grandes dominantes e compuseram a maioria . Os resultados revelam que 42 dentre as provas que gabaritaram – ou seja, 76% dos casos – foram escritas por mulheres. De acordo com levantamento, candidatas dos estados de Minas Gerais ou do Rio de Janeiro, com 18 anos de idade, compõem o perfil predominante entre as participantes com nota máxima na redação do Enem 2018 .

Segundo o Inep, entre homens e mulheres , 17 dos melhores textos foram de estudantes com 18 anos, enquanto que os candidatos com 17 anos assinaram 11 dessas redações e os participantes com mais de 20 anos escreveram 10 textos. Já em relação à origem, 33 candidatos foram somente do Sudeste, com predominância de Minas Gerais e Rio de Janeiro – 14 participantes cada.

O Inep divulgou, também nesta terça, as notas em todas as provas do exame dos treineiros, ou seja, participantes que não concluíram o ensino médio e eram menores de 18 anos quando foram aplicadas as provas. Como esses resultados não podem ser usados para acesso à educação superior, são tradicionalmente divulgados 60 dias depois dos resultados dos participantes regulares. Dos 6.731.203 inscritos para o Enem 2018, 8,9% eram treineiros.

Neste ano, o Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro . As inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio. Entre 1º e 10 de abril, os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018.

*Com informações da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: Enem