Tamanho do texto

Beneficiários do Novo Fies terão até dia 28 de dezembro para realizar o aditamento do contrato através da página eletrônica do programa

 Novo Fies prorroga o prazo para aditamento do contrato
Reprodução/ USP
Novo Fies prorroga o prazo para aditamento do contrato

Foi prorrogado para o dia 28 de dezembro o prazo de aditamento de renovação dos contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Até o momento, cerca de 70% dos estudantes já concluíram ou iniciaram o processo, que pode ser feito por meio da página eletrônica do financiamento.

Leia também: Fies ofertará 100 mil vagas em 2019 por meio de financiamento direto do governo

A data limite, que antes de ser prorrogada era nesta sexta-feira (30), vale para os estudantes que contrataram o programa em 2018 e que, por isso, precisam seguir o cronograma da Caixa Econômica Federal, a operadora do Novo Fies .

Em casos específicos, em que o estudante precisa trocar informações no contrato, como a troca do fiador, é necessário que o candidato compareça em uma agência da Caixa, acompanhado do novo fiador e com os documentos comprobatórios.

Novo Fies

Presidente Michel Temer sanciona a Lei do Novo Fies
Divulgação/ Wilson Dias/ Agência Brasil
Presidente Michel Temer sanciona a Lei do Novo Fies

De acordo com a Caixa, aproximadamente 50 mil estudantes assinaram contratos do Novo Fies no primeiro semestre de 2018. Lançado no ano passado, o novo modelo oferece financiamento em instituições privadas de ensino superior e divide as modalidades de acordo com a renda familiar de cada beneficiário.

Leia também: Saiba como usar a nota do Enem e planeje-se

A modalidade Fies é destinada aos  estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos e oferece  o juro zero como benefício. Nesse caso, o limite semestral é de R$ 42 mil e bancado pelo governo, enquanto o financiamento mínimo é de 50% do curso.

Já no P-Fies, a renda familiar per capita deve ser de 3 a 5 salários mínimos. O financiamento é feito através de condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser tanto um banco privado, quanto fundos constitucionais e de desenvolvimento.

Para participar do Fies, além da exigência da renda mensal, também é preciso que o candidato tenha participado do Enem, em uma das últimas oito edições da prova, obtido média de notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado na redação.

Leia também: Qual a diferença entre Fies e Prouni?

Os estudantes com bolsa parcial no Programa universidade para Todos (Prouni) podem procurar uma vaga no Novo Fies , a fim de financiar os 0% da mensalidade. No entanto, não é permitido que o candidato use, ao mesmo tempo, o Prouni em uma faculdade e o Fies em outra.

*Com informações da Agência Brasil.

    Leia tudo sobre: Fies
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.