Tamanho do texto

Mal-estar é preciso ser levado a sério e pode afetar o desempenho do candidato durante a prova; veja dicas de como se preparar emocionalmente

Saber como controlar a ansiedade no Enem pode ser um diferencial para o candidato, alerta professor
shutterstock/Reprodução
Saber como controlar a ansiedade no Enem pode ser um diferencial para o candidato, alerta professor

Os últimos dias antes dos vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são considerados os dias mais difíceis para os estudantes que ficaram focados nos estudos durante o ano todo para conseguir garantir uma vaga nas instituições de ensino superior. Saber como controlar a ansiedade no Enem pode ser uma tarefa difícil na reta final, mas algumas técnicas podem ajudar a diminuir a tensão pré-exame.

Leia também: Em busca da nota mil: confira dicas para mandar bem na redação do Enem

A dois dias para uma das principais provas do país, saber o que fazer para não perder o ânimo e como controlar a ansiedade no Enem , antes e durante o exame, pode ser um diferencial.

Ao contrário do que muita gente pensa, a ansiedade é um problema sério, que pode atrapalhar, e muito, o vestibulando. Além de afetar o lado emocional, o mal-estar também influencia em aspectos físicos do indivíduo, o que pode colocar todo o esforço a perder na hora de fazer o Enem .

“Com essa contagem regressiva para as provas, muitos alunos ficam paralisados e não conseguem evoluir como deveriam”, analisa o professor de Geografia do Stoodi, startup de educação a distância, Érico Candido.

“Para estes, sempre digo: prepare sua mente como um atleta prepara seu corpo antes de uma competição, ou seja, cuide da saúde, tenha uma rotina de estudos, se planeje, durma sempre na mesma hora e, na hora da prova, fique calmo e preste muita atenção no que está fazendo”, orienta o professor.

Érico explica que só o fato de o candidato estar calmo para executar tarefas simples, como se programar para chegar ao local da prova com antecedência, preencher o gabarito corretamente e não esquecer de assinar os campos que devem ser preenchidos, pode ser, por incrível que pareça, um diferencial.

“Parece uma coisa óbvia, mas só de o aluno conseguir se organizar para chegar a tempo de entrar no local de prova antes de os portões fecharem, já o coloca na frente de cerca de 10% dos candidatos”, reforça.

Ele explica que, geralmente, a taxa de não comparecimento beira este número. “Quando este mesmo aluno passa todas as respostas corretamente, sem rasurar o gabarito, e assina o nome no local indicado então, já se coloca na frente de outros quase 10% dos alunos que compareceram, mas que se desesperaram por algum motivo e se atrapalharam na hora de fazer estas tarefas mais básicas”, explica.  

Para evitar que a sensação atrapalhe o desempenho na hora da prova, confira algumas dicas de como diminuir a ansiedade na reta final para o exame.

Leia também: Confira quais são os cinco possíveis temas para a redação do Enem 2018

Como controlar a ansiedade antes do Enem em cinco passos

Aprenda cinco dicas de como controlar a ansiedade no Enem antes e depois da prova
shutterstock/Reprodução
Aprenda cinco dicas de como controlar a ansiedade no Enem antes e depois da prova


  • Esqueça os estudos na véspera da prova. Aproveite para relaxar e estar disposto para o dia  do teste; 
  • Confie no seu esforço durante o ano todo. Caso a sensação de que não fez tudo o que poderia ter feito tome conta, tente focar nas matérias que você tem mais afinidade como uma saída para um bom resultado;
  • Deixe a concorrência de lado. Fazer comparações com outros candidatos só vai deixar você mais nervoso;
  • Na hora da prova, as questões mais difíceis devem ser deixadas para o fim. Dessa forma, você pode se dedicar às perguntas que domina com mais disposição;
  • Invista em exercícios para respiração. Eles podem ser grandes aliados na hora que a ansiedade tomar conta. Inspirar profundamente e depois soltar todo o ar devagar te ajuda receber mais oxigênio, o que faz seu cérebro trabalhar melhor.

Enem 2018 será em dois domingos

Além de saber como controlar a ansiedade no Enem é importante ter em mente outras informações sobre a prova
Shutterstock/Divulgação
Além de saber como controlar a ansiedade no Enem é importante ter em mente outras informações sobre a prova

O exame deste ano será realizado em dois domingos seguidos, pela segunda vez em sua história. As datas escolhidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foram os dias 4 e 11 de novembro.

No primeiro domingo, dia 4, serão aplicados os exames provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação, Ciências Humanas e suas Tecnologias. Já no dia 11 serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e Matemática e suas Tecnologias.

Em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 serão aplicadas de acordo com o horário oficial de Brasília. Este ano, o início do horário de verão coincidirá com o primeiro domingo de provas, 4 de novembro. Portanto, assim como em edições passadas, o Enem será aplicado em quatro fusos horários distintos ( confira os cronogramas aqui ).

Agora que você já conferiu as dicas de como controlar a ansiedade no Enem e conheceu mais sobre o funcionamento da prova, é hora de praticar para chegar preparado no dia do exame. Boa sorte!

    Leia tudo sobre: Enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.