Aline Macedo
Reprodução
Aline Macedo

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os serviços de trens da Supervia foi prorrogada por mais 60 dias. A determinação foi votada nesta terça-feira (24), em discussão única, na Alerj. Desde fevereiro deste ano, o colegiado realiza vistorias em todos os ramais — e pediu a prorrogação dos trabalhos poder acompanhar mudanças prometidas tanto pelo governo como pela concessionária.

Entre os problemas identificados, foi constatado que a operação nas estações Fragoso e Vila Inhomirim continua suspensa, desde 2020, por problemas na ponte de acesso à estação final. Os passageiros também reclamam de intervalos irregulares diariamente, falta de banheiros e de acessibilidade, além de estações ocupadas pelo narcotráfico.

"Ninguém aguenta mais o descaso da Supervia com os usuários e nós vamos manter essa luta incessante pela melhoria do sistema e um maior conforto para o passageiro”, acrescentou a presidente da CPI, deputada Lucinha (PSD).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários