Setores do PP comemoram aproximação de Bolsonaro com PL
Reprodução
Setores do PP comemoram aproximação de Bolsonaro com PL

Enquanto a bolsa caía e o dólar subia na sexta-feira (22), tinha gente no Progressistas comemorando a aproximação da  família Bolsonaro com o PL de Valdemar da Costa Neto. Embora o PP tenha sido a casa que abrigou o presidente por mais tempo, muitos por lá faziam a egípcia quando o assunto era a filiação do clã.

Além da turma que sonha em embarcar na candidatura de Lula, deputados estavam emburrados por terem que votar de forma contrária ao retorno do horário eleitoral, já que o chefe da nação não queria dar aos adversários a chance de criticá-lo em rede nacional.

Agora, não só os preciosos recursos do fundo eleitoral poderão ser poupados da maior corrida de 2022, como os caciques poderão fechar as contas da nominata sem precisar reservar espaço à tropa que viria com o presidente.

Para o PL, no entanto, esse não será um problema. Até porque está decidido que o espólio bolsonarista não vai ficar apenas em uma canoa. O pelotão vai concorrer tanto com o número 22 (se os ventos não mudarem de novo!), como com o 14, do PTB de Roberto Jefferson.

Alguns inclusive já estavam em conversas avançadas — e agora têm a chancela do andar de cima para selar o pacto. Cláudio Castro é avaliado como um dos maiores beneficiados caso Bolsonaro assine a filiação: afinal, o eleitor só terá que repetir as teclas na urna eletrônica. As vozes da experiência lembram, no entanto, que o estado tem a curiosa tradição de votar de forma oposta a quem está no poder.

Freixo roda o estado ao lado do PT

Embora o nome de Marcelo Freixo (PSB) não seja consenso no PT, o apoio do partido à pré-campanha do deputado federal ao governo do Rio é uma realidade.

Hoje, o aspira vai a um encontro com líderes do Jacarezinho acompanhado por Benedita da Silva e Tainá de Paula, que também participaram da articulação do evento. E na passagem da carreata socialista pela Costa Verde, os caminhos foram pavimentados pelos diretórios municipais do PT.

Leia Também

Paes finca os pés no Luz Maravilha

A Rioluz está nas mãos de Pierre Batista, homem de confiança de Eduardo Paes. Agora no leme do popular programa Luz Maravilha, Batista esteve no primeiro escalão dos governos Paes 1 e 2, e vem da pasta de Ação Comunitária.

De olho nas cifras da Cedae

Luiz Paulo vai presidir a subcomissão que acompanhará como os recursos da venda da Cedae serão gastos. Ele será acompanhado por Waldeck Carneiro, Márcio Canella, Eliomar Coelho, Márcio Pacheco, Martha Rocha e Renata Souza.


Picadinho

A Fundação Leão XIII, em parceria com a Seinfra e a Emop, desenvolve o projeto de recuperação de seus três abrigos, com melhorias e ampliação de vagas.

Sabrina Chagas e Maria Júlia Caldas lançam "Nosso papo rosa: um guia informal e direto sobre câncer de mama".

O Rioprevidência oferece palestras gratuitas sobre a Reforma da Previdência. Inscrições no site.

O Conleste vai lançar o Conlestech na segunda-feira, no auditório do Sesc de Nova Friburgo, em parceria com o Sebrae-RJ e a Agência de Inovação da UFF.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários