Presidenciável tem enviado recados a partidos de centro e até tradicionais adversários por frente contra Bolsonaro
Reprodução
Presidenciável tem enviado recados a partidos de centro e até tradicionais adversários por frente contra Bolsonaro

Os ventos que circundam as montanhas mineiras trazem sopros de que o  presidenciável Lula da Silva conversou com o ex-ministro e empresário Walfrido dos Mares Guia sobre um palanque forte em Minas Gerais. E inédito, que uniria PT ao DEM.

Fontes indicam que Lula pediu ao amigo para tentar convencer Rodrigo Pacheco (DEM), presidente do Senado, a apoiá-lo em palanques no Estado.

Outros partidos de centro são procurados por Lula no mote “todos contra Bolsonaro”.

Na esteira da reaproximação de Lula com Gilberto Kassab, controlador do PSD, em São Paulo pode surgir um cenário curioso vindouro, a se confirmar a aliança: Um dos palanques do ex-presidente petista no Estado pode ser do candidato Geraldo Alckmin, que trocou o PSDB pelo PSD de Kassab.


Como notório, Alckmin e Lula duelaram nos 1º e 2º turno da eleição presidencial de 2006, com vitória do Barba.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários