Everest
Pixabay
Apesar do tamanho, o maior pico do mundo é geologicamente jovem: tem entre 50 e 60 milhões de anos

Os governos da China e do Nepal anunciaram nesta terça-feira (8) que o Monte Everest "cresceu" oficialmente 86 centímetros após uma nova medição.

As duas nações, que apresentavam dados divergentes sobre a real dimensão da montanha, revisaram a distância da base ao pico em duas missões independentes e ambos os países confirmaram que o Monte Everest tem 8.848,86 metros de altura.

O número é quase um metro maior do que mostrava os estudos anteriores sobre a altura do Everest.

A nova altura da montanha foi anunciada pelos ministros das Relações Internacionais da China e do Nepal, Wang Yi e Pradeep Gyawali, em uma cerimônia transmitida virtualmente em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Com o pronunciamento dos governos, as duas nações asiáticas encerraram uma disputa que já durava vários anos.

"O Everest é um símbolo eterno da amizade entre o Nepal e a China ", afirmou Gyawali durante o evento.

Geologicamente muito "jovem", a cadeia do Himalaia , nascida há 50 e 60 milhões de anos, ainda está crescendo pelo efeito dos impulsos tectônicos da crosta terrestre.

No entanto, os geólogos consideram que o cume do Everest também se eleva cerca de meio metro por século.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários