QUEIMADAS AMAZÔNIA
Arquivo/PM-AC
Esta quinta (30) foi o dia de julho com mais queimadas nos últimos 15 anos na Amazônia

Nesta quinta-feira (30), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 1.007 pontos focos de queimadas no seu sistema de monitoramento da Amazônia. Esse é o valor mais alto de queimadas em um dia de julho nos últimos 15 anos.

Neste mês de julho, houve um aumento de 14,5% nas queimadas na região em comparação ao mesmo período de 2019 – o valor não leva em consideração o dia 31, o qual o Inpe ainda não havia contabilizado.

Em julho de 2019 houve 5.318 focos de queimadas na Amazônia e em 2020, até o dia 30, já haviam sido registrado 6091. Os seis mil focos na amazônia representam 41,5% de todas as queimadas em todos os biomas.

Contudo, entre janeiro e julho houve queda de 5% nas queimadas da região em comparação ao mesmo período de 2019.


    Veja Também

      Mostrar mais